Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Segunda edição Lecciona, Prémio Professor Cabo-verdiano lançada hoje oficialmente na Praia

Cidade da Praia, 16 Out (Inforpress) – A segunda edição Lecciona, Prémio Professor Cabo-verdiano foi hoje lançada oficialmente, na cidade da Praia, uma data escolhida para coincidir com o Dia Mundial de Alimentação, 16 de Outubro.

Em declarações à Inforpress, a directora do Museu de Educação, Clara Marques, explicou que a escolha da data tem a ver com o projecto da professora vencedora da primeira edição Leciona, Prémio Professor Cabo-verdiano, Silvina Andrade, que se relaciona com o ambiente e alimentação.

A decorrer no salão Josina Machel, do Liceu Domingos Ramos, durante o evento, os participantes, na sua maioria jovens estudantes, assistem a palestras sobre temas relacionados com a importância da alimentação, sobretudo em países como Cabo Verde, onde se depara com problemas de alimentação “saudável e sustentável”.

“Vamos falar também do engajamento dos professores em ordem a concorrerem à segunda edição do Prémio Professor Cabo-verdiano que irá acontecer no início de Abril de 2020”, afirmou Clara Marques, para quem a intenção é fazer com que todos os professores, do ensino básico e secundário, apresentem candidaturas.

No hall de entrada principal do Liceu Domingos Ramos, os visitantes deparam-se com uma exposição de produtos alimentares e, de acordo com Clara Marques, esta amostra visa  “conscientizar as pessoas, sobretudo a comunidade educativa” no sentido de utilizarem produtos saudáveis nas suas alimentações.

“De momento, um dos grandes fenómenos da sociedade é o consumo de alimentos tóxicos e isto tem provocado doenças e mortes”, indicou a fonte da Inforpress, acrescentando que é pelas crianças que deve começar o trabalho de sensibilização.

Por sua vez, José Augusto Fernandes, director do Liceu Domingos Ramos, declarou que se trata de uma “boa iniciativa”, tendo em conta que o planeta está a ser afectado por vários males, sobretudo  pela forma como se ingere a alimentação.

Comemorar o dia [Dia Mundial de Alimentação] juntamente com os alunos e professores “desperta nos alunos a consciência de uma alimentação saudável”.

Conforme José Augusto Fernandes, todos os anos o seu liceu aproveita a data para comemorar a efeméride, no sentido de demonstrar que, de facto, o Liceu Domingos Ramos “está engajado em demonstrar as boas praticas em relação a uma alimentação sustentável e saudável”.

LC/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos