Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Segunda edição do Programa Bolsa Cabo Verde Digital duplica inscrições – promotor

Praia, 06 (Inforpress) –  A segunda edição do programa Bolsa Cabo Verde Digital, de pré-incubação de projectos com base em tecnologias, registou nesta fase o dobro de inscrições, com um total de 184 projectos submetidos, envolvendo 290 empreendedores.

A segunda edição deste programa conta com mais 25 vagas para beneficiar equipas ou startups que tenham ideias ou soluções inovadoras, em áreas como agricultura, cultura, impacto social, educação, energia, meio ambiente, mobilidade, saúde, segurança, transparência, gestão pública,   turismo,   comércio e urbanismo,  e que utilizem as tecnologias como instrumento principal nas operações.

De acordo com uma nota enviada à Inforpress, o objectivo é apoiar até cem jovens, estimular a constituição de até 50 ‘tech startups’ ao ano, com bolsas no valor de 60 mil escudos por equipa, com até dois empreendedores, oferecendo igualmente um programa de pré-incubação e acompanhamento técnico, por organizações parceiras de relevância a nível nacional e internacional.

O programa Cabo Verde Digital, de acordo com a mesma fonte, tem ainda como propósito aproximar a comunidade e atrair jovens com espírito empreendedor, com ideias de negócios baseado em tecnologia e criar um ambiente propício ao desenvolvimento dos projectos nas diferentes vertentes.

“Este instrumento criado pelo Governo pretende fomentar o surgimento de cada vez mais produtos inovadores, com base em tecnologias, contribuindo para a criação de emprego, de riqueza e dinamização da economia digital”, lê-se na nota.

A primeira edição arrancou em Setembro do ano passado e contou com a participação de 33 projectos,   50 empreendedores, uma rede com sete entidades parceiras,  envolvendo mais de 54 mentores, especialistas de tecnologia e de negócios, ministradas mais de 170 horas de capacitação em matéria de tecnologia, negócio e empreendedorismo, significando um investimento de mais de 9 milhões de escudos.

CS/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos