Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Sede do Conselho Local da Praia irá contribuir na implementação do projecto da Escola Nacional de Socorrismo e Cuidado – presidente CVCV

Cidade da Praia, 11 Abr (Inforpress) –  O presidente da CVCV considerou hoje a Sede do Conselho Local da Praia como um dos maiores conselhos do país que irá apoiar na gestão dos problemas sociais e implementação do projecto da Escola Nacional de Socorrismo e Cuidado.

Arlindo de Carvalho fez estas declarações à imprensa, à margem da cerimónia de inauguração da Sede do Conselho Local da Praia, no bairro de Paiol, e de entrega de batas às crianças dos jardins da Cruz Vermelha de Cabo Verde (CVCV), realizada na Cidade da Praia.

Segundo a mesma fonte, a referida instituição, cuja cerimónia de inauguração foi presidida pelo presidente da Câmara Municipal da Praia, Óscar Santos, vai funcionar como centro de formação, capacitação, mobilização de vontades e recursos humanos no município da Praia.

Acrescentou, por outro lado que o referido espaço irá ajudar na melhoria da prestação de serviço para a comunidade e no cumprimento do objectivo que é, elucidou, ajudar as classes mais vulneráveis.

“O centro tem um serviço de funcionamento do conselho, espaço da secretaria geral, um refeitório, armazém e um espaço multimédia para a sociedade e irá apoiar na gestão dos problemas sociais e implementação do projecto da Escola Nacional de Socorrismo e Cuidado” disse.

Relativamente à entrega das batas às crianças e uniformes às monitoras, uma iniciativa da Impar Seguros e do Banco Cabo-verdiano de Negócios (BCN), Arlindo de Carvalho congratulou-se com a iniciativa, adiantando que pretendem fazer a uniformização de todos os jardins da Cruz Vermelha existentes no país.

“Entendemos que as crianças para além dos materiais didácticos para o efeito de aprendizagem precisam também ser identificadas e os uniformes ajudam a constituir um ambiente de equilíbrio em relação à origem da própria criança”, disse, adiantando por outro lado, que irão trabalhar na implementação do projecto da “identidade da Cruz Vermelha” em termos de infra-estruturas, veículos e uniformes, visando a adopção de uma única marca da referida instituição.

VC/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos