Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Secretário do Estado diz que estão a trabalhar para disponibilizar os manuais a tempo e hora no próximo ano lectivo (c/áudio)

Cidade da Praia, 29 Mar (Inforpress) – O secretário do Estado para a Educação, Amadeu Cruz, garantiu hoje que o Governo está a trabalhar para que no próximo ano lectivo os manuais escolares estejam disponíveis a tempo e hora.

O governante deu esta garantia aos jornalistas, no final da cerimónia de entrega de equipamentos informáticos às escolas da Ilha de Santiago, ao ser questionado sobre o ponto de situação de colocação e de aquisição dos manuais escolares nas escolas.

Conforme recordou, o Governo aprovou, em Conselho de Ministros, o processo de aquisição dos manuais para o ano lectivo 2019/2020, isto é, o projecto de resolução que autoriza a Fundação Cabo-verdiana de Acção Social Escolar (Ficase) a realizar a contratação pública para a impressão e reimpressão dos manuais escolares do 1º ao 12º ano de escolaridade.

“Estamos a trabalhar, o ministério está a trabalhar e a direcção Nacional da Educação, na concepção dos manuais e estamos a proceder as aquisições nos termos da lei, através da Ficase, para podermos ter no início do próximo ano lectivo os manuais disponíveis a tempo e hora nas escolas”, assegurou.

Entretanto, em relação a este ano lectivo, afirmou que o processo está a decorrer dentro de “alguma normalidade”, tendo reconhecido que é preciso “continuar a melhorar” este processo.

Para Amadeu Cruz, é preciso desmitificar a questão que o atraso na colação dos manuais e na colocação dos professores é uma situação que acontece apenas no arquipélago, mas sim, em “todos os países mais desenvolvidos que Cabo Verde há de vez em quando alguma dificuldade”.

“Temos que compreender o nosso próprio país e o nosso próprio contexto. O ministério tem feito esforço enorme para recrutar professores em tempo e hora, com a contingência nacional, e, temos feito um esforço no sentido de termos os manuais a tempo e hora, mas naturalmente, pode haver um e outro atraso”, enalteceu o empenho do ministério.

AM/CP
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos