Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Secretário de Estado anuncia possibilidade de reforço de cooperação entre Cabo Verde e Portugal na área do jornalismo

Cidade da Praia, 15 Jul (Inforpress) – O secretário de Estado Adjunto do Primeiro-ministro, Lourenço Lopes, disse hoje que há possibilidade do reforço da cooperação entre as estações de televisão e rádio e agências de notícias portuguesas e cabo-verdianas na área do jornalismo.

O governante que tutela a pasta da Comunicação Social avançou esta informação durante uma conferência de imprensa, na Cidade da Praia, para fazer o balanço da sua recente visita de trabalho a Portugal.

Durante a sua estadia em Portugal, avançou, manteve contacto com o presidente do Conselho da Administração da Rádio e Televisão de Portugal (RTP), Nicolau Furtado, tendo realçado que do encontro ficou “claramente expresso o desejo do aprofundamento da cooperação entre a RTP a Rádio e Televisão Cabo-verdiana (RTC).

Lembrou, entretanto, que a RTC tem autonomia financeira e editorial, mas que pode contar com o apoio e a diplomacia política do Governo de Cabo Verde para continuar a reforçar os laços de cooperação com a RTP, em matéria de formação dos jornalistas, estágios e troca de partilha de conteúdos.

“Queremos colocar o sector da comunicação social no centro daquilo que são as exigências da democracia e dos cidadãos, porque temos um caminho a percorrer, mas somos exemplos da liberdade de imprensa com padrões internacionais, rigor e pluralismo dos nossos órgãos públicos e privados”, salientou.

Adiantou ainda que há igualmente a possibilidade do reforço de cooperação entre a Agência Lusa e a Inforpress a nível da formação dos jornalistas e partilha de conteúdos, referindo que através desta parceria, os estudantes cabo-verdianos na área do jornalismo poderão fazer estágio profissional na delegação da Lusa em Cabo Verde ou na sede da mesma em Portugal.

Destacou ainda os níveis de cooperação entre Cabo Verde e Portugal, considerando que o sector da comunicação social será seguramente um sector “crucial” e “estratégico” no reforço das relações entre Cabo Verde e Portugal.

Informou, por outro lado, que a sua missão serviu para manter contacto com a comunidade cabo-verdiana residente no concelho de Almada, onde teve a possibilidade de receber das mãos do investigador Ildo Fortes, e o português João Ferreira, o projecto da divulgação da primeira travessia aérea do Atlântico Sul, lembrando que em 2022 completam-se 100 anos deste marco histórico.

CM/DR

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos