São Vicente: Projecto “Ver com bons olhos” pretende doar cerca de 600 óculos a crianças das ilhas mais a norte

Mindelo, 26 Jun (Inforpress) – A IV edição do projecto “Ver com bons olhos”, que efectua neste momento consultas de oftalmologia, no Mindelo, pretende doar cerca de 600 óculos a crianças desfavorecidas de São Vicente, Santo Antão e São Nicolau.

Com esta IV edição deste projecto, que surge das parcerias entre a empresa Cavibel, principal promotora, a Ficase e a fundação espanhola Ruta de la Luz, pretendem-se, segundo a assistente de marketing da Cavibel, Wilma Gomes, contemplar os concelhos mais a norte do país.

“Juntamente com estas parcerias, conseguimos efectuar e fazer crescer este projecto que já vem desde 2014”, destacou esta responsável à Inforpress, adiantando estarem dispostos a doar 600 óculos graduados, mas caso aparecer outras crianças também vão ser contempladas.

“O objectivo é vermos o maior número possível de crianças oriundos de famílias com mais dificuldades socio-económicas e melhorar-lhes as condições de ensino aprendizagem”, disse, adiantando que a triagem básica é feita pelos professores nas salas de aula e depois por dois técnicos espanhóis.

Com isso, segundo a mesma fonte, pretendem avaliar os alunos com problemas de visão e que depois poderão receber óculos graduados “totalmente personalizados” na Espanha e depois enviados a Cabo Verde.

Este que será o resultado do trabalho feito desde a última segunda-feira em São Vicente, mas precisamente na Escola Básica de Monte Sossego, e que prossegue até sexta-feira, com o objectivo de avaliar 120 crianças por dia.

Embora, segundo Dilma Gomes, tenham ultrapassado este número logo o primeiro dia, chegando aos 140.

“Queremos ultrapassar os nossos limites e desafiar a nós mesmos para beneficiar o maior número de criança que pudermos”, reforçou.

Nas edições anteriores, em que o “Ver com bons olhos” estivera mais centrado na cidade da Praia, conseguiu atingir, conforme os promotores, cerca de 3000 alunos de 16 concelhos do país, tendo sido distribuídos 554 óculos.

O projecto contempla ainda uma vertente de operações de cataratas, através da qual a Cavibel mantém parcerias com a Fundação Elena Barraquer, também na Espanha, e com os hospitais centrais em Cabo Verde.

LN/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos