São Vicente: Professores do Ensino Básico Obrigatório em formação para uniformizarem procedimentos de avaliação

Mindelo, 27 Jan (Inforpress) – Os cerca de 700 professores do Ensino Básico Obrigatório de São Vicente encontram-se em capacitação para apurarem técnicas de construção de instrumentos de avaliação, com o objectivo final de promover uma uniformização em procedimentos avaliativos.

Segundo a delegada do Ministério da Educação, Maria Helena Andrade, a formação é intensiva e os professores dos nove agrupamentos da ilha estão divididos em grupos que frequentam a formação no período contrário ao da leccionação.

“A ideia é que os professores façam um refrescamento sobre os métodos e as técnicas de construção de instrumentos de avaliação, sem esquecer os professores que agora iniciam a sua vida profissional para permitir-lhes ter essas técnicas e conhecimentos”, declarou Maria Helena Andrade.

Segundo a mesma fonte, no processo de ensino/aprendizagem a avaliação tem um papel “extremamente importante”, daí a importância de os professores estarem por dentro desses instrumentos e que deem a conhecer as formas de avaliação aos pais, encarregados de educação e aos alunos.

Maria Helena Andrade considerou, por isso, a formação “pertinente e uma necessidade” já que, sintetizou, a educação está sempre “em constante movimento e passa por mudanças” e, por isso, “há que saber acompanhar essa evolução”.

“Nada melhor do que capacitar os professores para estarem aptos para esta forma de avaliação”, finalizou a mesma fonte, que lembrou que a mesma formação já tinha sido promovida pela Direcção Nacional da Educação para os coordenadores concelhios, os quais, por sua vez, têm a missão de multiplicar a aprendizagem nos respectivos concelhos.

AA/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos