São Vicente: Polícia Nacional confirma “grande adesão” de pessoas às praias e com “muitas incumpridoras” das regras

Mindelo, 02 Jun (Inforpress) – O comandante de Esquadra da Polícia Nacional (PN) em São Vicente confirmou hoje “uma grande adesão” de pessoas às praias, sobretudo a da Laginha, e com muitas a não cumprirem as regras, sobretudo de distanciamento social.

Madelino da Luz explicou que o trabalho da polícia tem sido “essencialmente” de sensibilização e pedagógico, em que a autoridade procura chamar a atenção das pessoas, principalmente para respeitarem a questão do distanciamento social, e as pessoas “acolhem bem” esse trabalho pedagógico.

“Quando chamadas à atenção mostram ter a consciência de que estão a violar as normas, sobretudo no capítulo do distanciamento social, mas a verdade é que algumas pessoas não têm cumprido”, clarificou a mesma fonte, que aproveitou para apelar às pessoas para quando acederem às praias cumprirem as normas.

“É muito importante, porque são acções individuais e atitudes preventivas muito importantes e determinantes para o combate à pandemia da covid-19”, reforçou Madelino da Luz, até porque, continuou, após a abertura das praias em São Vicente, a polícia sempre teve a preocupação de ter equipas no terreno para fiscalizar as normas constantes no regulamento de acesso e frequência das praias.

A Inforpress constou no último fim-de-semana, mais o feriado de segunda-feira, 01, centenas de pessoas, a maioria jovens, na praia da Laginha, desrespeitando quase todas as restrições impostas pelas autoridades.

A praia esteve apinhada de gente, que se mostrou indiferente à situação do novo coronavírus no País e até na própria ilha de São Vicente, onde foi diagnosticado no domingo mais um novo caso de covid-19.

Tanto assim é que a palavra distanciamento social praticamente não existiu, a julgar pelo comportamento das pessoas, bem perto umas das outras, até com troca de abraços e beijos.

Não faltaram equipamentos sonoros espalhados pelo areal, prática de futebol com várias pessoas, ainda troca de bicicletas que passavam de mão em mão e utilização dos equipamentos, por várias pessoas, do parque fitness na praia.

A Inforpress constatou também no local a venda ambulante de alimentos.

AA/ZS

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos