Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

São Vicente: “Pensamento visionário” de Leão Lopes esmiuçado nas “Grandes Conversas” da Urdi 2021

Mindelo, 25 Nov (Inforpress) – “Leão Lopes – Um pensamento visionário além do seu tempo” foi tema, hoje, do painel “Grandes Conversas” da sexta edição da Feira de Artesanato e Design de Cabo Verde que decorre até o dia 28 de Novembro no Mindelo.

Moderado por Artur Marçal, o painel, que aconteceu no Centro Cultural do Mindelo, composto por António Tavares, Ana Cordeiro, José Paiva e Paulino Fortes, apresentou reflexões sobre o pensamento inovador experimental do artista e professor Leão Lopes.

Segundo a painelista Ana Cordeiro, “Leão Lopes é uma das raras as pessoas a quem se pode aplicar a terminologia de homem do renascimento”.

A mesma enalteceu a sua “habilidade e talento” destacando-o como “criador de uma estética própria a serviço do conhecimento, cujos trabalhos desenvolvidos estão a criar e contribuir para o futuro”.

Para o director do Centro Cultural do Mindelo, António Tavares, Leão Lopes é um dos inovadores do pensamento experimental que Cabo Verde deveria utilizar.

“Leão é, para Cabo Verde, talvez a pessoa que nos faz inquietar constantemente. Nunca pára. Está sempre a trabalhar de manhã à noite”, frisou.

Também tido como homem multifacetado, Leão Lopes actua em diversas áreas da cultura, como artesanato, arte, literatura, design e cinema e criou o Atelier Mar e o Mindelo Escola Internacional de Arte (M_EIA) onde materializa a formação de jovens no campo artístico e na investigação.

De acordo com a organização da Urdi 2021, o pensamento de Leão Lopes constitui e um “legado intemporal nas diversas áreas de atuação, consubstanciado a partir do método do design”.  

Também o caracteriza como “um vanguardista fundamental na estruturação da prática criativa e da reflexão estética cabo-verdiana que ultrapassa o espaço geográfico do arquipélago”, sendo presença assídua em grandes encontros internacionais de arte.

Ainda, no Centro Cultural do Mindelo, aconteceu o segundo painel das Grandes Conversas, que debruçou sobre “O design na criação de futuros”, com Inês Alves, Lara Plácido, Virgínia Frois, David Monteiro e Rita Rainho, cujo debate foi moderado por Ana Marta.

A sexta edição da Urdi, que acontece sob o lema “Imaginar Futuros”, conta com a participação de mais de 160 pessoas entre artesãos, designers e distribuidores de todos os 22 municípios do País.

CD/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos