São Vicente: Peça “Marrá” vence concurso “Lossguia – mar na criação” da Urdi  (c/áudio)

Mindelo, 26 Nov (Inforpress) – A peça “Marrá”, de Inês Alves, ganhou o concurso de design da quinta edição de Feira de Artesanato e Design (Urdi) e que teve como tema “Lossguia – mar na criação”, num total de 18 peças.

O anúncio foi feito na noite de quarta-feira, 25, na inauguração, no Centro Cultural do Mindelo, do Salão Created in Cabo Verde e da exposição “Lossguia – mar na criação” com um total de 18 peças, sendo 13 resultantes do concurso e cinco de autores convidados, conforme explicou o co-coordenador do salão, David Monteiro.

O equipamento vencedor, segundo informações da autora, que não esteve no evento, assemelha-se à letra “m” de mar e de “marrá” (amarrar, em português), numa peça de mobiliário urbano feita em betão armado, com recurso à trituração de vidro e plástico para a redução do uso de inertes.

O elemento proposto tem, conforme a mesma fonte, 70 centímetros de altura e permite atracar – “marrá” – a bicicleta, que tem sido muito utilizado no Mindelo como meio de transporte não poluente.

Também serve de banco, numa concepção que “homenageia o mar, através de um equipamento de apoio às zonas costeiras e balneares do País e à reutilização de resíduos que se multiplicam pelos oceanos”.

Esta peça foi assim escolhida pelo júri do concurso, que pretendia, asseverou David Monteiro, que cada criador fosse arquitecto, designer e artesão, e apresentasse uma proposta, em que estivesse enquadrada a questão do design, “em termos técnicos e funcionais”.

O ministro da Cultura e das Indústrias Criativas, Abraão Vicente, considerou, por seu lado, que a Feira Urdi conseguiu, “mais uma vez”, trazer peças pensadas e concebidas em Cabo Verde e “facilmente replicadas” e usadas no quotidiano.

“São raras as peças, que são pouco práticas ou design puro. Temos aqui um conjunto de peças que podem ser perfeitamente utilizadas pelas várias câmaras municipais como peças urbanas nas praias, nas cidades, nas praças”, reiterou a mesma fonte, para quem a Urdi está a consolidar-se como espaço de criatividade, pelo que espera que as empresas vejam as ideias e comprem-nas para as reproduzir em massa.

Desta forma, ajuntou, cria-se empregos e patentes e faz-se um trabalho “de circuito e de mais-valia” através do design e do salão.

O Salão Created in Cabo Verde alberga ainda a exposição “Fonténha”, cuja abertura acontece hoje, fruto de uma residência criativa de um grupo de artistas de Fontaínhas (Santo Antão) que decorreu de 16 a 25 de Outubro.

A ideia, segundo o também coordenador da residência, David Monteiro, foi a partir do que os artistas perceberam no local  apresentarem um trabalho dentro da temática da Urdi.

Entretanto, a inauguração desta quarta-feira levou a alguma aglomeração de pessoas no Centro Cultural do Mindelo, quando São Vicente registava nas últimas 24 horas 40 casos da covid-19.

LN/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos