São Vicente: Organização conta com “adesão massiva” à manifestação “contra política centralista e discriminatória”

 

Mindelo, 04 Jul (Inforpress) – Os mentores da manifestação desta quarta-feira, 05, em São Vicente, com a designação Sokols 2017 e liderados por Salvador Mascarenhas, esperam “adesão massiva” dos mindelenses à iniciativa, com concentração marcada para as 10:00, na Praça Estrela.

Segundo Mascarenhas, quer através das reacções nas redes sociais, mas também dos contactos porta-a-porta em alguns bairros e zonas mais afastadas do centro da cidade, a adesão à iniciativa é crescente.

A organização já se encontra munida da indispensável autorização camarária e os contactos com a polícia, bombeiros e enfermeiros voluntários prosseguem com vista a garantir “segurança máxima” em todo o percurso.

Tão somente, ajuntou, a ideia é mobilizar a população de São Vicente para sair à rua e exigir “harmonia na execução dos investimentos” e “autonomia de decisão” para ilha.

Os governos, escreve o veterinário de profissão na página Sokols 2017, no facebook, terão de alterar o sistema “centralizador e medieval” que “emperra o progresso” deste país e provoca “desequilíbrio, injustiça e desarmonia”.

“As populações exigem que sejam ouvidas na gestão da coisa pública e o acesso aos órgãos de governação sem a trela dos partidos, porque todos desejamos um Cabo Verde justo, igualitário e harmonioso”, sintetizou no mesmo post.

A ideia da manifestação foi lançada pelo mindelense Salvador Mascarenhas, a partir da sua página pessoal no facebook, em que apela para uma “cidadania activa independente, todas as vozes, todas as cores, uma só ilha”.

É que, para o Sokols 2017, chegou o momento de São Vicente “dar um basta” ao “centralismo exacerbado” desencadeado pelos sucessivos governos do período pós-independência, e com “reflexos devastadores” na economia da ilha.

A manifestação principia às 10:00, de quarta-feira, 05, com concentração na Praça Estrela, e deve seguir o trajecto Rua de Coco, Avenida Baltazar Lopes da Silva, Praça Nova, finalizando na Praça Dom Luís, local de concentração final e intervenção de alguns participantes.

AA/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos