Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

São Vicente: Obras de habitação social de Portelinha representam dignidade, saúde, segurança e qualidade de vida – Eunice Silva (c/áudio)

Mindelo, 09 dez (Inforpress) – A ministra das Infra-estruturas, Ordenamento do Território e Habitação disse hoje que as obras de construção de 88 apartamentos sociais no bairro de Portelinha, em São Vicente, representam dignidade, saúde, segurança e qualidade de vida das pessoas.

Eunice Silva, que falava na cerimónia oficial de descerramento da placa das obras de habitação social de Portelinha, financiadas pela República Popular da China, afirmou que, para além de ser um marco de amizade entre Cabo Verde e China, essas obras representam a qualidade de vida das pessoas.

Segundo a governante, o empreendimento a ser construído vai para além de apartamentos para morar porque, explicou, são habitações desenvolvidas em forma de condomínio, com equipamentos sociais, espaços verdes, parque infantil e parque de estacionamento.

“No ano passado, lá do Parlamento tínhamos enviado uma mensagem a dizer que iríamos chegar à Portelinha. Hoje estamos perante o acto de arranque oficial das obras e esperamos daqui a 18 meses estar a entregar esses apartamentos às famílias que mais precisam,” lançou a ministra, para quem a habitação condigna é uma prioridade do Governo a que pertence.

De acordo com a mesma fonte, o projecto de Portelinha, que agora entra na etapa de construção, é “demostração do planeamento de bairros sociais”, encetado pelo Governo, “em resposta ao crescimento e expansão das cidades não em São Vicente e nas outras ilhas.”

“São Vicente está na trajectória do que queremos influenciar com efectiva programação de novos alojamentos sociais,” defendeu Eunice Silva, que disse que nessa zona vai-se erguer um bairro moderno para “acompanhar a evolução da população de São Vicente.”

O embaixador da China em Cabo Verde, Du Xiao Cong, assegurou que a cooperação entre o seu país e os países lusófonos está a conquistar vários campos.

Du Xiao Cong disse esperar que as obras de habitações sociais na zona de Portelinha sejam o primeiro passo para a concretização dos vários projectos desenhados para Cabo Verde, frutos da cooperação entre os dois países, entre os quais o projecto da Zona Económica Especial para a Economia Marítima que, na sua óptica, vai transformar São Vicente num “centro económico das ilhas do Barlavento”.

O presidente substituto da Câmara Municipal de São Vicente, Rodrigo Rendall, lembrou que o Governo chinês “há muito que abraçou Cabo Verde” e tem sido um “parceiro estratégico incontornável do percurso de desenvolvimento do país.

Por outro lado, o autarca afirmou que as obras da zona Portelinha significam também a “relação profícua entre o Governo e o município de São Vicente”, que tem possibilitado a “materialização de projectos que transformam a ilha.”

O projecto de construção de 88 apartamentos sociais no bairro de Portelinha, em São Vicente, nasceu em 2017, através de um acordo entre o Governo de Cabo Verde e a República Popular da China, durante uma missão do primeiro-ministro àquele país.

Além deste complexo habitacional, de 88 apartamento de tipologia T2, está prevista a construção de mais seis empreendimentos sociais semelhantes em Cabo Verde.

Ao todo, essas obras estão avaliadas em mais de um milhão de contos financiados pela China.

CD/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos