São Vicente/Óbito: Morreu activista cultural Hernani Moreira

Mindelo, 03 Out (Inforpress) – O activista cultural sanvicentino Hernani Moreira, de 60 anos, morreu hoje no Hospital Baptista de Sousa (HBS), onde estava internado.

Hernani Moreira era tido como um dos dinamizadores da cultura e uma “referência da moda” em São Vicente, ilha onde criou a agência de moda “Ilhéu Fashion”, que promovia eventos dedicados à moda.

Dos eventos, realizados pela “Ilhéu Fashion”, destaca-se o Cabo Verde Fashion Week, que contou com a participação de modelos de São Vicente, da Praia, do Sal, da Boa Vista e de outras ilhas, além de desfiles de moda com estilistas nacionais e internacionais como são os casos de Vanessa Monteiro, Mirte Graça, Cinzo Gamboa, Zanny Moreno, Mozzer Lima, Maria de Lourdes e, ainda, estilistas de Portugal e de Angola.

No entanto, este evento esteve parado alguns anos por causa de problemas de saúde do seu promotor, mas foi retomado em 2018.

Este ano, em Agosto, Hernani Moreira, realizou também no Mindelo, a Academia de Moda Verão 2021 com a participação de 30 jovens que participaram em workshops sobre moda e auto-maquilhagem para passarela, fizeram ensaios fotográficos, pintura corporal e desfiles pelas ruas da cidade.

Antes, em Junho, o activista celebrou os seus 60 anos de vida com a entrega de 20 bengalas brancas a deficientes visuais, num acto que contou com a parceria da Associação de Deficientes Visuais (Adevic).

Mas esperava entregar, no total, 60 bengalas, contemplando 60 idosos de São Vicente, Santo Antão e São Nicolau.

CD/HF

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos