Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

São Vicente: Núcleo Museológico Cesária Évora com quebra de visitantes devido à falta de turistas

Mindelo, 11 Dez (Inforpress) – O técnico do Instituto Património Cultural (IPC) e responsável do Núcleo Museológico Cesária Évora, no Mindelo, disse hoje que registou uma quebra de visitas devido à ausência de turistas, provocada pela pandemia do novo coronavírus.

Yanick Oliveira falava à Inforpress a propósito da visita de alunos da Escola da Ribeira Bote ao Núcleo Museológico Cesária Évora, actividade enquadrada nas comemorações do Dia Nacional da Morna e do 1º aniversário de elevação da Morna a Património Imaterial da Humanidade pela Unesco, celebrados hoje.

“Neste momento estamos bastante limitados porque o museu vive do povo. Não estamos a receber visitas porque o nosso forte era os turistas porque os cidadãos nacionais não têm muito a cultura de visitar os museus”, indicou o técnico do IPC, para quem, apesar de terem feito um ciclo de visitas gratuitas para nacionais, a adesão dos cabo-verdianos continuou fraca.

O mês de Dezembro, adiantou a mesma fonte, era considerada uma época alta, mas este ano não receberam visitas no Núcleo Museológico Cesária Évora.

No entanto, conforme Yanick Oliveira, há esperanças de que o cenário vai mudar no próximo ano, período em que a directora nacional dos Museus,  Ana Samira Silva Baessa, pretende preparar um programa com objectivo de atrair os visitantes nacionais para os museus.

Ainda para este ano, o Núcleo Museológico Cesária Évora tem agendado a realização da actividade “Nove anos de Sodade”, no dia 17 de Dezembro, dia do aniversário da morte da Cesária Évora.

No entanto, segundo Yanick Oliveira, esta actividade “está à espera da confirmação de verbas, tendo em conta que reduziram as verbas para o Ministério da Cultura, no Orçamento de Estado, e canalizaram-nas para as áreas como saúde e educação”.

CD/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos