Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

São Vicente: Multi-instrumentista Jowee Omicil encerra Mindel Summer Jazz “em grande” com ritmos cabo-verdianos

 

Mindelo, 05 Ago (Inforpress) – O multi-instrumentista Jowee Omicil encerrou na madrugada de hoje, em São Vicente, a VIII edição do Mindel Summer Jazz ao som de temas de Luís Morais, que o artista haitiano, nascido no Canadá, gravou no seu mais recente álbum.

Perante mais uma enchente no pátio da réplica da Torre de Bélem, no segundo de dois dias da festa do jazz do Mindelo, Jowee Omicil bem cedo conquistou a plateia e a interacção alcançada levou a um espectáculo vivo e de qualidade, segundo entendidos na matéria.

Interpretou temas que Luís Morais imortalizou, com outro andamento, andou pelo meio do público, com quem dialogou e sentou-se na plateia de onde aplaudiu os três músicos que o acompanhavam, revelando condição física de respeito.

Ora no clarinete, ora no saxofone, ou no trompete, Jowee Omicil, que veio pela segunda vez ao festival de jazz, mostrou que já tem, no Mindelo, uma legião de fãs, que o seguiram do primeiro ao último acorde.

Antes, o palco tinha sido ocupado por Cármen Sousa e banda, que começou por revisitar temas de Horace Silver, mas também alguns números de seu mais recente álbum de originais, numa actuação que ela própria apelidou de “viagem com alma”.

Voz potente, Carmen ocupou-se ainda do violão e do piano e saiu do palco debaixo de fortes aplausos do público que pedia bis.

A última noite do Mindel Summer Jazz, versão 2017, principiou com o ritmo quente e os solos do guitarrista santantonense Peláda, estreante no festival, mas que já marcou o seu lugar, a julgar pela forma como foi recebido pelo público.

A VIII edição do Mindel Summer Jazz, que homenageou o falecido guitarrista mindelense Tólass, teve, no entanto, arranque na quinta-feira, 06, com a dupla Bau e Voginha, seguidos do pianista Ronald Tule e o baixista Michel Alibo.

A organização dá-se por satisfeita com “nível” alcançado e performance dos artistas, pelo que a 8ª edição já está em preparação a partir de hoje, pois, afirmou Pedro Santos, o “grande desafio” é suplantar sempre a edição anterior.

Neste mês de Agosto de todas as actividades culturais em São Vicente, é já na terça-feira, 08, que se realiza mais uma edição do Carnaval de Verão, estando o fim-de-semana 11, 12 e 13 reservado à 33ª edição do Festival Internacional de Música da Baía das Gatas.

AA/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos