Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

São Vicente: Ministro promete ajudar na aquisição de fisioterapeuta e transporte para centro de crianças com necessidades especiais (c/áudio)

Mindelo, 02 Set (Inforpress) – O ministro da Família, Inclusão e Desenvolvimento Social, assegurou hoje, no Mindelo, que o Governo vai ajudar na contratação de um fisioterapeuta e de transporte para o Centro de Acolhimento para Crianças com Vulnerabilidades Especiais (CACVE).

Fernando Elísio Freire fez este anúncio à Inforpress na sequência de várias visitas feitas hoje, no Mindelo, às instituições sociais, que têm por objectivo, sustentou, fazer o ponto de situação neste momento de pandemia e ver os resultados da intervenção do Governo e da câmara municipal.

Fernando Elísio Freire disse ser São Vicente hoje uma ilha “muito mais resiliente” e que a situação poderia ser “muito pior” se não houvesse as intervenções do poder local e central.

“Utilizamos um documento muito importante que é o Cadastro Social Único, que permitiu chegar às pessoas que realmente precisavam. Vê-se por aquilo que já visitamos, há um trabalho meritório, principalmente no acolhimento de crianças com paralisia cerebral, que dá uma nova esperança a essas crianças”, considerou.

O governante afiançou haver “toda a abertura” para ajudar e melhorar ainda mais a prestação do CACVE, isto é, na criação de melhores condições e para que tenham mais técnicos.

Uma ajuda, que, adiantou, é no caso concreto de um fisioterapeuta e de um transporte para os utentes do centro situado em Canalona, zona de Chã de Alecrim, que acolhe crianças com paralisia cerebral e outras vulnerabilidades.

Outras das instituições com quem o ministro assegurou continuar a parceria é com o Centro Irmãos Unidos, também em Chã de Alecrim, que acolhe crianças de rua e é gerido através de um acordo tripartido entre câmara municipal, Cáritas de Cabo Verde e Governo.

O governante admitiu que a instituição também está a fazer um “trabalho meritório”, que precisa ainda ser melhorado.

“Mas, nesta fase, mais do que criar novos instrumentos é preciso consolidar o que já temos, e este o trabalho que estamos a fazer”, advogou Fernando Elísio Freire, para quem o “balanço é extremamente positivo, num momento difícil, de pandemia e de dificuldades, mas que São Vicente e a população estiveram à altura e todas as acções foram desenvolvidas e tiveram sucesso”.

Fernando Elísio Freire, que visita ainda esta tarde os bairros do Iraque e da Portelinha, acredita que São Vicente “deve continuar neste caminho sereno e de persistência” para “ultrapassar as dificuldades juntos”.

A deslocação do governante ao Mindelo continua nesta sexta-feira com diversos pontos em agenda.

LN/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos