São Vicente: Mindel Samba e grupo da Alemanha partilham ritmos de batucada em workshop até ao dia 12

Mindelo, 07 Nov (Inforpress) – O grupo de bateria Mindel Samba e um grupo de tocadores brasileiros residentes na Alemanha partilham neste momento ritmos, que permitem levar a cultura de Cabo Verde mais longe, avançou o presidente do grupo mindelense.

Conforme Luís Gomes, do MIndel Samba, adiantou à Inforpress, este representa o sétimo workshop que o grupo tem tido com grupos estrangeiros, que entraram em contacto para  troca de experiência.

Sendo assim, desde dia 01 de Novembro até ao dia 12 decorre o workshop com o Grupo Tinga Itapuã, com 12 tocadores brasileiros residentes na Alemanha e o Mindel Samba, que tem cerca de 120 elementos. 

Luís Gomes explicou que os germano-brasileiros tiveram conhecimento do grupo mindelense através do “Tambores do Mundo”, com elementos brasileiros e de vários países, e que esteve recentemente num intercâmbio, em São Vicente.

“Tem sido uma experiência muito boa, porque, no caso, o Tinga Itapuã está no Mindelo pela primeira vez e veio para conhecer a cidade, mas também para conhecer os nossos ritmos”, sublinhou a mesma fonte, acrescentando terem partilhado com o grupo estrangeiro o ritmo de bateria de Carnaval, mas também coladeira, funaná e do mandinga.

Tudo isto numa forma que partilhar a cultura cabo-verdiana e de “a fazer chegar cada vez mais longe”.

Além de ritmos musicais, Luís Gomes disse estarem a mostrar aos tocadores brasileiros a forma como os instrumentos do Mindel Samba são todos feitos de forma artesanal e aqui em São Vicente, algo que, asseverou, têm os deixado “espantados”.

Os workshops dos dois grupos têm decorrido no espaço do Quintal das Artes, no centro do Mindelo, mas já foram feitas várias apresentações nas diversas artérias da cidade.

Hoje devem fazer uma apresentação na Praça Dom Luís para também entreter um grupo de turistas que chega ao Porto Grande de São Vicente num navio cruzeiro.

Por outro lado, Luís Gomes assegurou já terem tido trocas de experiências com maestros que chegam a Mindelo através de iates.

LN/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos