São Vicente: Jovens militares assumiram hoje “responsabilidade de elevada grandeza” – Presidente da República

 

Mindelo, 11 Jun (Inforpress) – Quatrocentos e trinta e oito jovens tornaram-se formalmente soldados na manhã de hoje, no Centro de Instrução Militar Zeca Santos (São Vicente) ao prestaram juramento de “fidelidade à Pátria” e assumiram “responsabilidade de elevada grandeza”.

Quem o disse foi o Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, que presidiu à cerimónia, na dupla condição de comandante supremo das Forças Armadas e de chefe de Estado e que reconheceu o quanto é nobre o encargo que o jovens militares assumiram hoje e, por isso, instou-os a consentir sacrifícios para que Cabo Verde continue soberano e independente.

O Presidente da República referiu-se às Forças Armadas como sendo uma “prestigiada e importantíssima instituição”, considerando “fundamental” que ela possa exercer a sua “função nobre sem restrições”.

O chefe de Estado aludiu a “carências e dificuldades materiais e financeiras” por que passam as Forças Armadas e que dificultam as reformas em curso e lhe dificultam o cumprimento, em tempo real, da sua missão.

Mas Jorge Carlos Fonseca prometeu manter o “diálogo permanente” com o Governo e estimular a “multiplicação de esforços” no sentido de disponibilizar os meios necessários à instituição que “deve assumir a vanguarda da educação cívica e patriótica dos jovens cabo-verdianos”.

O chefe de Estado reforçou que as Forças Armadas “têm sido uma escola de valores e de ideais”, factor do “reforço da união e da fraternidade”, e têm abraçado a “ingente tarefa de formar homens e erguer mais alto o nome de Cabo Verde”.

Perante os 438 soldados acabados de prestar juramento e alinhados na parada, assumiu Jorge Carlos Fonseca o compromisso, “solene como a cerimónia”, de estar “sempre perto da instituição militar” e de encontrar, com o Governo, as soluções para os problemas.

O Presidente da República cumpre hoje o segundo de dois dias de visita à Primeira Região Militar, depois de em finais de Maio ter inaugurado, em Santiago, novo ciclo de visitas às Forças Armadas, que também o levará proximamente à Segunda Região Militar, com sede na ilha do Sal.

AT/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos