Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

São Vicente: Guarda Costeira faz balanço positivo de exercício naval com participação de 72 militares

Mindelo, 02 Ago (Inforpress) – A Guarda Costeira faz balanço positivo do exercício naval que terminou nesta quinta-feira, com a participação de 72 militares e ainda a parceria do Núcleo de Missão Naval brasileira, assinalou o director de operações.

O exercício, denominado “Costeirex 2019”, tinha como objectivo principal, segundo avançou à Inforpress o capitão-de-patrulha Silvino Chantre, proporcionar oportunidades de treino e testar os “pontos fracos” dos militares e, por outro lado, melhorar a cooperação com as outras entidades com responsabilidade marítima, como a Polícia Marítima e a Unidade de Inspecção e Garantia de Qualidade (UIGC), que actua no sector das pescas.

Dois propósitos que, conforme a mesma fonte, foram “altamente conseguidos” nesta actividade de teste, realizado entre 28 de Julho e 01 de Agosto, que contou com a participação de 72 militares da Guarda Costeira.

“Os resultados foram muito bons, porque conseguimos verificar falhas, mas que foram corrigidas ainda durante os exercícios”, lançou Silvino Chantre, que aponta como outro dos êxitos o facto de terem conseguido cumprir a actividade de acordo com o plano estabelecido.

O Costeirex 2019 fora todo desenvolvido nas águas de Cabo Verde, nas ilhas de Santiago, Sal e São Vicente em parceria com Núcleo de Missão Naval do Brasil em Cabo Verde, que esteve na direcção do exercício, que actuou em várias frentes, entre as quais combate ao narcotráfico e tráfico de pessoas e de armas, inspecção de pesca e outras mais.

Neste treino, conforme o director de operações, foram envolvidas quase todas as embarcações da Guarda Costeira, como Badejo, Djêu, Ponta Nhô Martinho e Espadarte.

Entretanto, o navio patrulha “Guardião” encontra-se envolvido numa missão real, que se desenvolve, di-lo o capitão-de-patrulha Silvino Chantre, neste momento na Zona Económica Exclusiva de Cabo Verde e que, possivelmente, pode terminar neste sábado.

LN/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos