São Vicente: Guarda Costeira distinguida com Medalha Militar de Serviços Relevantes de 1ª Classe

 

Mindelo, 11 Out (Inforpress) – O chefe do Estado Maior das Forças Armadas condecorou hoje a Guarda Costeira (GC) com a Medalha Militar de Serviços Relevantes de 1ª Classe “por tudo” que este ramo das Forças Armadas tem feito neste percurso de 24 anos.

Major General Anildo Morais, que colocou a medalha no estandarte da CG, em cerimónia comemorativa do 24º aniversário da instituição, destacou que este reconhecimento público tem o objectivo de funcionar como “repto a todos os seus elementos” para que saibam “manter a memória” do seu patrono, Eduardo Santos, e o “prestígio” das Forças Armadas.

Segundo a mesma fonte, o 24º aniversário da CG é “momento propício” para “reconhecer e enaltecer” os “esforços, capacidades, competências e sacrifícios” que fizeram das FA uma “das mais prestigiadas” instituições do arquipélago.

“Apesar de todas as dificuldades materiais e financeiras, os militares deste ramo das FA nunca deixaram de cumprir as suas missões”, apontou o chefe do Estado Maior, e “nem se esmoreceram” no cumprimento do que lhes era exigido.

Major General Anildo Morais lembrou ainda que a CG tem-se destacado quer na preparação para a defesa militar do país, quer no cumprimento de outras missões como as de busca e salvamento, patrulhamento das águas territoriais e no apoio à população.

“É condigno dizer que nestes 50 anos de história das Forças Armadas de Cabo Verde, a Guarda Costeira tem desempenhado papel de destaque fruto do empenhamento dos seus integrantes”, concluiu o chefe do Estado Maior das Forças Armadas.

Embora a data tenha sido comemorada desde anos anteriores, o dia da Guarda Costeira e do seu patrono, Eduardo Santos, combatente da liberdade da pátria conhecido por todos através da alcunha “Tchifon”, foi instituído através da resolução nº 6/2010, de 5 de Abril.

AA/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos