Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

São Vicente: Feira de saúde movimenta mais de 500 pessoas com preferência pela especialidade de oftalmologia

Mindelo, 06 Abr (Inforpress) – A mega feira de saúde organizada hoje pela Delegacia de Saúde de São Vicente movimentou mais de 500 pessoas, que preferiram mais as consultas de oftalmologia, embora tivessem aproveitado quase todas as especialidades disponíveis, informou o delegado.

Entre estas está Sónia Maria que além de aproveitar a consulta de oftalmologia, logo com encaminhamento para a Policlínica do Hospital Baptista de Sousa, fez ginecologia, análises de sangue e outros exames.

“Esta iniciativa é muito boa para saber como está a nossa saúde” disse esta mindelense, com sorrisos de orelha à orelha.

Assim, um dia, das 10 às 15:00 que o delegado de saúde de São Vicente, Elísio Silva, classificou de “bastante intenso”, mas que deixou os promotores “satisfeitos” por conseguirem encaminhar e deixar as pessoas “bastante contentes” não só pelas consultas de especialidades, mas também pelos exames feitos na hora.

“Até medicamentos estão a levar na hora, porque abrimos a farmácia de Estado para dar-lhes os medicamentos no momento”, disse este responsável, confirmando ter a oftalmologia “ultrapassado todas as especialidades”, uma vez que a fila de espera para as consultas normais no serviço público também é das maiores.

Num atendimento “bastante rápido e organizado”, os utentes, segundo a mesma fonte, puderam ter acesso “a praticamente tudo” que é serviço de saúde em São Vicente, que reuniu, além da delegacia, o Hospital Baptista de Sousa e as diversas clínicas privadas.

Quanto ao pedido das pessoas de este tipo de feira ser realizado mais vezes, Elísio Silva mostra que os centros de saúde têm feito feiras de saúde frequentes, mas, ajuntou, pretendem levar este evento de “cobertura universal” às comunidades.

Esta actividade realizada para assinalar o Dia Mundial da Saúde, comemorado neste domingo, 07 de Abril, encerra amanhã com uma caminhada pelas artérias da cidade que deverá contar com a presença do ministro da Saúde, Arlindo do Rosário.

Quanto à notícia veiculada pela Inforpress, nesta sexta-feira, sobre ruptura de stock de pílulas contraceptivas e preservativos nos centros de saúde, Elísio Silva admite haver “diminuição” causada pela falta de ligação marítima entre São Vicente e Santiago, onde estes medicamentos são fornecidos.

LN/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos