Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

São Vicente: “Estamos abertos e façam-nos o favor de nos desafiar a colaborar convosco” – presidente da câmara do Porto (c/áudio)

Mindelo, 06 Fev (Inforpress) – O presidente da Câmara Municipal do Porto, Portugal, Rui Moreira, desafiou hoje o poder local e os agentes culturais e desportivos de São Vicente a desafiar a sua câmara para colaborar, aprender e partilhar experiências.

Na manhã de hoje, com efeito, o autarca portuense e a comitiva que o acompanha foram recebidos à entrada dos Paços do Concelho ao som da batucada e demonstração de Carnaval e, depois, no Salão Nobre, com um mais um momento musical com Bau (guitarra), Djassa (cavaquinho) e Jorge Sousa (voz).

No momento dos discursos, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, Rui Moreira manifestou “profundo agradecimento”, pois considerou “comovente ser recebido assim em casa amiga”, numa recepção, concluiu, que “interpreta bem” o sentimento que tem sempre que visita Cabo Verde e o Mindelo, “em particular”, cidade geminada há 28 anos com o Porto.

Sobre o desafio lançado, lembrou que a cidade do Porto, através do Teatro Rivoli mantém actividades de cooperação com o Festival Internacional de Teatro do Mindelo (Mindelact), “que vão continuar”, numa ilha, precisou, dona de uma cultura “bastante resistente” e “sem medo de se abrir ao mundo”.

Outra área em que a cidade do Porto está “aberta a desafios” é a desportiva, sobretudo em modalidades como o atletismo e o voleibol feminino, aliás, pontificou, o desporto feminino é uma das particularidades do desenvolvimento naquela cidade portuguesa.

“Se pudermos ser úteis e partilhar experiências podem contar connosco”, reforçou.

Deixou ainda, por outro lado, expressa a vontade e a disponibilidade da Câmara Municipal do Porto de colaborar com as autoridades de Cabo Verde, e nomeadamente com os municípios relativamente à preservação do património histórico e a todos os instrumentos necessários para se cumprir com esse desafio.

Isto porque, assinalou, o património material é “a condição fundamental” para que o património imaterial possa ser preservado e utilizado como instrumento para o caminho que se deseja trilhar e que passa por abrir a economia, através do turismo.

“Mas, assinalou, Mindelo tem a grande vantagem de o turismo que aqui vier vai ser um turismo de qualidade, que vem procurar a música, a paisagem e a gastronomia, porque é isso o Mindelo”, reforçou.

Rui Moreira destacou ainda a vinda, em 2021, ao Mindelo, da regata Volvo Ocean Race, que vai ser “um momento extraordinário”, que o Porto “não conseguiu ter”, porque Mindelo vai estar “nos olhos do mundo, toda a gente vai ver, uma actividade fantástica” e, ainda por cima, precisou, vai trazer pessoas durante muito tempo.

“Trata-se de uma janela ao mundo, um feito, e a maior promoção que São Vicente pode ter”, concluiu.

Rui Moreira cumpre hoje um programa de visitas a locais de interesse em São Vicente, ilha geminada com a cidade do Porto desde 16 de Novembro de 1992,  e na quinta-feira, 07, assina um protocolo de cooperação entre a sua câmara e o Ministério das Infra-estruturas, Ordenamento do Território e Habitação.

AA/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos