São Vicente: Enapor prepara concurso público para concessão de marinas em todo o país

 

Mindelo, 23 Jun (Inforpress) – A Enapor – Portos de Cabo Verde está em vias de lançar um concurso público para a concessão de marinas em todo o país, de acordo com o master plan da empresa, soube a Inforpress, no Mindelo.

Segundo o presidente do conselho de administração da Enapor, Jorge Maurício, trata-se de uma acção na linha das “novas responsabilidades, do papel e a função da empresa”, que desde 2015 passou a ser a concessionária geral de tudo o que seja portos, terminais portuários, áreas de jurisdição portuária, estaleiros navais e infra-estruturas de náutica de recreio (marinas), entre outras, no país.

“Vamos lançar o concurso público para concessão de marinas em todo o país e a quem mostrar interesse com os melhores projectos técnico, financeiro e operacional será adjudicado o espaço para a sua concretização”, precisou Jorge Maurício, sem indicar a data prevista para o lançamento do concurso.

Da mesma forma, a empresa tem em preparação a renovação do contrato de concessão da Marina Mindelo, de um contrato com a Sport Fish Mindelo (no Dokas), o processo de concessão do cais de pesca e entreposto frigorífico do cais da Praia, em fase final de negociação, para além dos portos principais, da Praia e do Mindelo, que se encontram na linha de serem concessionados.

“Hoje, a Enapor dispõe de um sector que se dedica exclusivamente às concessões”, referiu a mesma fonte, na decorrência das novas atribuições da empresa de 2015, e já com várias áreas concessionadas.

Jorge Maurício exemplificou com os casos do entreposto frigorífico do Porto Grande, a um consórcio espanhol, o cais de pesca da Cova de Inglesa, uma zona para a construção de uma fábrica de gelo no Porto Novo (Santo Antão) e um espaço contíguo à Salmar na ilha do Sal.

E é, por isso, sintetizou o presidente do conselho de administração da Enapor, que, enquadrado nas celebrações do 35º aniversário, a empresa decidiu realizar, no dia 27, no Mindelo, uma palestra sobre “Concessões Portuárias”, que será proferida pelo administrador dos portos do Douro e Leixões (Portugal), Amadeu Rocha.

Será um momento, segundo a mesma fonte, da apresentação de um tema actual, por uma “autoridade na matéria” que, com certeza, precisou, trará recomendações sobre eventuais erros cometidos em Leixões e o “devido aconselhamento” para não acontecerem em relação à Enapor, por deter vivência teórica e prática e efectuado várias concessões no porto de Leixões em área como terminais, jurisdição portuária e logística, entre outras.

Espera, por isso, concretizou, uma “boa adesão” dos clientes da empresa, dos actuais concessionários, mas também de juristas e de toda a comunidade portuária e os potenciais interessados na gestão de outras áreas como logística portuária.

A Enapor – Portos de Cabo Verde foi criada em 01 de Setembro de 1982 e tem como missão garantir a prestação de serviços eficientes e de qualidade aos clientes dos portos de Cabo Verde, na base de infra-estruturas e equipamentos adequados, com segurança e em respeito ao ambiente e aos requisitos técnicos mínimos estabelecidos.

É a concessionária geral do Estado para os portos, terminais, estaleiros navais e infra-estruturas de náuticas de recreio e a Autoridade Portuária de Cabo Verde tendo a seu cargo a gestão dos nove portos do país.

AA/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
[wd_asp elements='search' ratio='100%' id=2]
    • Categorias

  • Galeria de Fotos