São Vicente: Delegacia de Saúde procura 1.109 crianças que ainda estão sem a vacina contra rubéola e sarampo

Mindelo, 14 Nov (Inforpress) – As 17 equipas de vacinação contra o sarampo e a rubéola em São Vicente estão ainda à procura de 1.109 crianças que até hoje não tinha recebido a vacina, na ilha.

Daí, segundo a delegada de Saúde em exercício, Jacqueline Cid, o prolongamento da campanha por mais três dias, para permitir que pais, encarregados de educação e cuidadores, levem as crianças aos postos de vacinação.

A campanha devia terminar esta terça-feira, 13, contudo, pelos dados da delegacia, há ainda 19 por cento (%) de crianças por vacinar, já que estão vacinadas, segundo a mesma fonte, 4.784, o que totaliza 81,21%, de um universo total de 5.893 crianças a um dia de completar 05 anos de idade.

Para a responsável, esse número de crianças por vacinar relaciona-se, sobretudo, com a “falta de entendimento” dos pais, encarregados de educação e cuidadores, de que, desta vez, a vacinação não é porta a porta, mas sim em postos fixos e móveis identificados, e com “algumas ausências” de crianças nos jardins nesses dias de campanha.

Uma vez que as complicações com a ausência da vacinação “são muitas”, segundo a médica, o apelo da estrutura de saúde aos pais no sentido de levarem os filhos para os postos de vacinação, até sexta feira, 16.

AA/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos