São Vicente: Central eléctrica do Lazareto com cerca de 40% de penetração de energia renovável – ministro 

Mindelo, 27 Nov (Inforpress) – O ministro da Indústria, Comércio e Energia, Alexandre Monteiro, anunciou hoje que a central eléctrica do Lazareto, em São Vicente, já alcançou neste momento cerca de 40 por cento (%) de energia renovável para produção.

O governante fez este anúncio à imprensa na sequência de uma visita realizada no final da tarde de hoje à central que está a receber “investimentos importantes” para a ilha.

Alexandre Monteiro destacou a recuperação de um grupo gerador, que estava avariado desde 2013, com o investimento num motor novo que cria, não só segurança na ilha em termos de capacidade de produção de energia, mas também cria condições para uma produção “mais eficiente”.

“E todo esse quadro, que está sendo criado na central, permite condições para maior penetração de energia renovável e dar mais estabilidade ao sistema”, considerou o ministro, adiantando que, no momento da visita, a penetração de energia eólica no sistema estava “quase a 40%”.

Alexandre Monteiro presenciou ainda o início dos trabalhos de substituição das lâmpadas de iluminação pública a vapor de sódio para LED que, garantiu, “vai contribuir não só para a qualidade da iluminação, mas sobretudo para a poupança de energia”.

“E pelas informações dadas prevê-se uma poupança em termos de consumo de energia na ordem de 65%. Significa que vamos ter condições de ter melhor iluminação e consumo mais eficiente”, reiterou o governante para quem “isto é bom” em termos dos custos da iluminação, mas também o contributo para o ambiente com a poupança de energia e redução do carbono.

No caso de São Vicente, o trabalho já iniciou na estrada que liga Praça Estrela, na cidade do Mindelo, até São Pedro, mas, segundo a mesma fonte, vai abranger toda a ilha.

Desta forma, sustentou, prevê-se a possibilidade de ter “mais iluminação pública e um consumo de energia que possa baixar para menos de metade”.

O programa de substituição das lâmpadas também já está em outras ilhas, nomeadamente em Santiago, mais concretamente na cidade da Praia, e no Sal, e o ministro garantiu que deverá ser desenvolvido a nível nacional em parceria com a Electra.

“Constatamos, com prazer, a boa resposta que a Electra deu ao apelo desse programa do Governo e com os trabalhos que estão a ser realizados”, congratulou-se Alexandre Monteiro.

O ministro segue, este sábado, para Santo Antão para uma visita de dois dias às infra-estruturas e projectos na área das energias.

LN/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos