São Vicente/Carnaval: Ambiente no centro dos desfiles das escolas secundárias do Mindelo

Mindelo, 04 Mar (Inforpress) – O ambiente foi o tema que dominou os desfiles das escolas secundárias de São Vicente, que saíram nesta tarde de segunda-feira para festejar o Carnaval, com muita energia trazida pelos estudantes.

A primeira que trouxe a mensagem “escola amiga do ambiente” foi a Escola Industrial e Comercial do Mindelo (Escola Técnica), que, com muita energia os estudantes cantaram e alertaram para a protecção do meio envolvente.

No mesmo diapasão também a Escola Secundária Jorge Barbosa veio com trio e muita juventude e aproveitou para chamar a atenção para a preservação dos mares e da fauna nacionais, cutucando especialmente a produção de plástico, que depois são levados para os oceanos.

A Escola José Augusto Pinto foi a única a diferenciar na temática e decidiu “celebrar” os 140 anos da cidade do Mindelo, retratando a cultura, desporto e outras facetas da ilha.

Muita animação e energia da juventude, que partilhou o sambódromo com os mais velhos, os dos lares de idosos de Ribeira Bote e Campinho, que mesmo com alguns anos no corpo mostraram que ainda sabem brincar o Carnaval.

Contudo, hoje as atenções estão voltadas para Samba Tropical, inclusive já haviam pessoas nesta tarde a marcar os lugares para assistir o desfile, que começa às 21:00.

Da parte da direcção deste grupo, principalmente do presidente, Davi Leite, este promete um desfile “nunca dantes visto”,

Com 18 alas, divididas em dois blocos para um total de mil foliões, mais a música “Pulá Laród” e o carro alegórico, vão contar, no seu conjunto, a história de Blimundo, centro de uma lenda, da ilha de Santo Antão, que gira à volta de um boi gigante, inteligente e amante da liberdade.

E na terça-feira do Carnaval, é o dia mais aguardado, com quatro grupos para um desfile que concentra as atenções da ilha, de Cabo Verde e da diáspora, a julgar pelo número de pessoas que, por esses dias, desembarca de barco e de avião na ilha de São Vicente.

Por sorteio, ficou definido que o grupo de Monte Sossego, vice-campeão do Carnaval, em título, abre o desfile, às 15:00, e cabe aos Cruzeiros do Norte encerrar o cortejo, às 16:30, com os grupos a entrarem na Rua de Lisboa, onde se situa o palanque oficial, a cada meio hora, numa única passagem.

Às 15:30 será a vez do grupo Flores do Mindelo, seguido do Estrela do Mar, às 16:00.

Relativamente aos temas dos enredos dos quatro grupos oficiais, Monte Sossego sabe-se que vai chegar à Rua de Lisboa com o enredo “O meu Carnaval é uma novela”, três carros alegóricos, um tripé e 1200 foliões, distribuídos por 12 alas.

Flores do Mindelo, por seu lado, vão celebrar os 140 anos da cidade do Mindelo através do enredo “Um monte com cara de gente e um monte de gente de cara”, 800 foliões, 12 alas e três carros alegóricos.

O terceiro grupo a desfilar, Estrela do Mar, que regressa ao concurso sete anos depois, traz uma mensagem à volta da paz e do ambiente sustentável e deve apresentar-se com três carros alegóricos e 600 foliões, distribuídos por dez alas.

Cabe aos Cruzeiros do Norte baixar o pano do desfile oficial de 2019 com o tema “CPLP sem fronteiras ou Lusofonia sem barreiras”, 800 foliões, 12 alas e três carros alegóricos.

LN/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos