São Vicente: Bento Oliveira quer chamar atenção para “esquecimento” da Avenida Marginal com a xilografia

Mindelo, 12 Fev (Inforpress) – O artista santantonense Bento Oliveira pretende chamar atenção para o que diz ser o “esquecimento” da história da Avenida Marginal, com obras de arte feitas através da xilografia, que poderão ser divulgadas entre Março e Abril.

Este projecto, que o mesmo intitula “De memória por esquecimento”, e que poderá ganhar força daqui a um/dois meses, na verdade, conforme o artista, surgiu em 2007 e desde então tem vindo a o cogitar como cidadão e como “grande apaixonado” pela cidade do Mindelo e pela sua entrada, Porto Grande e a Avenida Marginal.

“Cabo Verde, Mindelo e mindelenses têm vindo a actuar sobre essa avenida, em que aparecem, por exemplo, a Marina, Pont d´Ága, muitas intervenções arquitectónicas neste espaço nobre e um tesouro para Cabo Verde e esta ilha” advogou, adiantando à Inforpress e à TCV, que, por outro lado, se está a esquecer a sua “dimensão humano-histórica”.

Por isso, defendeu Bento Oliveira, a avenida está a ficar “cada vez mais cega”, uma vez que nunca trouxe a tona, por exemplo, as ruinas dos portos de carvão “nem de forma informativa, quanto mais estética ou artística para dar valor a esse grande património da Avenida Marginal, que é o Porto Grande”.

“As obras, que estou a criar são somente para chamar atenção através da arte, para mostrar que temos que trazer momentos para as nossas crianças se educarem, as crianças começarem a criar a sua consciência”, salientou, e para quem é “necessário uma educação para a descolonização do pensar cabo-verdiano”.

A xilografia, esta técnica milenar de impressão em prancha de madeira, vai ser o meio visual para materializar o seu pensamento, e conceituar o apelo que quer fazer e que poderá, ajuntou, levar a uma dimensão de “quase pinturas gráficas”.

Bento Oliveira disse aproveitar muito da força desta linguagem, uma “linguagem artesanal, acessível” para conceber as suas obras, trazidas à luz no seu ateliê no alto Mira-Mar e que poderão ser divulgadas entre Março e Abril.

LN/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos