São Vicente: Beneficiários da Iniciativa Outros Bairros pedem retoma das obras 

Mindelo, 28 Jun (Inforpress) – Os beneficiários do projecto Outros Bairros, que teve início em Alto Bomba e com perspectiva de continuidade em Covada de Bruxa e Fernando Pó, no Mindelo, pediram ao Governo o retorno das obras pelo reconhecimento internacional.

Numa carta aberta dirigida à ministra da Administração Interna Ordenamento do Território e Habitação, a que a Inforpress teve acesso, o grupo de cidadãos e artistas, entre os quais o grupo de calceteiras Amdjer na Obra, moradores de Alto de Bomba, Covada de Bruxa, Fernando Pó manifestou o seu descontentamento.

“É de conhecimento público a transformação gerada no Alto de Bomba no contexto da Iniciativa que o Governo fomentou e que introduziu alterações muito positivas na requalificação do espaço público, contrariando a precaridade habitacional das zonas supracitadas, através da empregabilidade local que permitiu condições para, com esforço pessoal dos próprios moradores, reforçar sentimento de pertença ao próprio lugar”.

Os assinantes apontaram ainda os recentes reconhecimentos internacionais da Iniciativa Outros Bairros, vencedora do prémio Archidaily – Obra do Ano 2022 – e integrante da lista de finalistas do prémio Aga Khan Award for Architecture, e que, segundo estes, “validam a decisão política da iniciativa e correspondem à avaliação internacional muito positiva, até ao momento, da iniciativa realizada”.

Neste quadro de reconhecimento e da expectativa criadas para os próprios moradores e para a sociedade cabo-verdiana, segundo a mesma fonte, “causa perplexidade a continuada paragem das obras”, quando, asseguram, a retoma foi anunciada em Janeiro passado pela ministra das Infraestruturas, Ordenamento do Território e Habitação, a efetivar-se a partir de Março de 2022.

“Constituiu motivo para os signatários desta carta se alarmarem pelo não cumprimento do prometido, bloqueando a melhoria das condições de vida de todos os moradores que continuam sem respostas sobre a construção do espaço público, do depósito de água e das redes de eletricidade, de abastecimento de água, de esgoto e de drenagem pluvial”, lê-se na missiva.

Os signatários da carta acreditam que a Iniciativa Outros Bairros (IOB) é um “projecto exemplar e exequível, relevante para São Vicente”, porque trabalha na compreensão dos territórios semelhantes a estas zonas, pensando o futuro, e constrói uma abordagem para a melhoria do espaço público.

“Ao contrário de outras acções, que se centram apenas na construção de habitações com uma localização e projectos de arquitetura desajustados ao modo de vida das populações, a IOB promove a construção de uma população consciente da importância do direito ao lugar e à cidade”, reiteram.

Assim, conscientes de que a suspensão das obras da IOB congela um projecto de uma correcção política, habitacional e urbana, reconhecida nacional e internacionalmente, os signatários solicitam à ministra das Infraestruturas, Ordenamento do Território e Habitação, a retoma de todo o projecto, como resultado da “ampla auscultação” dos moradores das três zonas.

A iniciativa foi desenvolvida pelo Governo de Cabo Verde e tem por objectivo levar infra-estruturas a zonas periféricas como Alto Bomba e outras do País.

LN/CP

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos