Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

São Vicente: Autoridades colocam em cima da mesa possibilidade de interditar praias se incumprimento continuar

Mindelo, 02 Jun (Inforpress) – A presidente do Instituto Marítimo Portuário (IMP) alertou hoje à população de São Vicente para o “cumprimento rigoroso” do regulamento de acesso às praias, sob pena de as mesmas voltarem a ser interditadas.

Joana Helena Carvalho, em conferência de imprensa, hoje no Mindelo, ladeada pelo delegado de Saúde, Elísio Silva, reiterou que esta é “a última tentativa de sensibilização de pessoas” que o seu serviço efectua, após a constatação e denúncias de incumprimento dos frequentadores das praias da Laginha e da Baía das Gatas, em São Vicente, sobretudo no último fim-de-semana.

É que, segundo a responsável, o não cumprimento das recomendações das autoridades comporta riscos para os frequentadores, apesar dos “alertas pedagógicos” da Polícia Marítima e demais entidades fiscalizadoras à população sobre a necessidade do cumprimento das novas regras de frequência das zonas marítimas balneares.

A responsável lembrou que esse regulamento pode ser alterado caso se continuar a constatar o não cumprimento das regras e as praias terem que ser interditadas novamente.

“O IMP reitera a necessidade do cumprimento das restrições às zonas marítimas balneares, que irão perdurar o tempo que for necessário para permitir a convivência com o vírus em condições de risco mais reduzido”, reforçou Joana Helena Carvalho.

Por seu lado, o delegado de Saúde, Elísio Silva, reforçou o apelo ao cumprimento das regras emanadas pelas autoridades, sobretudo o distanciamento físico nas praias, situação que pode pôr em causa, conforme referiu, todo o trabalho das autoridades.

O delegado de Saúde aproveitou para informar que das pessoas que se encontram de quarentena em São Vicente, vindas da ilha do Sal no último fim-de-semana, 90 foram já submetidas a testes rápidos, que se revelaram negativos, e que a senhora infectada com covid-19, vinda do Sal, alvo de cesariana no fim-de-semana, “passa bem”, assim como o bebé.

AA/ZS

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos