Search
Generic filters
Filter by Categories
Ambiente
Cooperação
Cultura
Economia
Internacional
Desporto
Politica
Sociedade

São Vicente: Augusto Neves garante que obras de asfaltagem da cidade do Mindelo devem reiniciar-se a “qualquer momento”

Mindelo, 30 Jul (Inforpress) – O presidente da Câmara Municipal de São Vicente, Augusto Neves, assegurou hoje que as obras de asfaltagem da cidade do Mindelo devem reiniciar-se a “qualquer momento” e que ainda falta “muito trabalho” nesse projecto.

Conforme o autarca, que falava hoje em conferência de imprensa, a própria edilidade também está “ansiosa” para que obras sejam retomadas, explicando que a paralisação destas se deve à ausência dos técnicos que estiveram fora do País e só regressaram há cerca de três semanas.

“Estão se preparando e devem iniciar a qualquer momento”, asseverou Augusto Neves, adiantando estar também a fazer pressão para isso, quando ainda “falta muito trabalho” nesse projecto.

Enquanto isso, segundo a mesma fonte, a câmara tem vindo a trabalhar os aspectos acessórios, como os lancis, para ter a ilha organizada “mais rapidamente”.

Augusto Neves apontou o exemplo da Avenida Alberto Leite, onde se situa a Escola Técnica, que também vai ser asfaltada, mas esperam que a Electra inicie os trabalhos de substituição das tubagens de água, que já estão velhas.

Algo que, ajuntou, deverá acontecer a partir desta semana.

As obras de asfaltagem da cidade, segundo avançou há algum tempo o vereador da área de Património e Contratação Pública da Câmara Municipal de São Vicente, Rodrigo Martins, estão orçadas em 81 mil contos.

Questionado ainda sobre a aglomeração verificada nestes últimos tempos à porta da câmara municipal, o autarca relembrou que “dá audiências todas as segundas-feiras e durante o mandato inteiro”.

“Mas, agora está mais suave, há menos gente”, disse, adiantando que antes dava audiências juntamente com outros dois vereadores, mas agora descongestionaram o serviço.

A conferência de imprensa realizada na manhã de hoje teve como propósito reagir à denúncia feita na terça-feira pelo líder da União Cabo-verdiana Independente e Democrática (UCID, oposição), António Monteiro, de que a câmara de São Vicente está em “situação de falência” e com “várias dívidas com várias instituições”.

Augusto Neve garantiu que a instituição que dirige “não tem qualquer dívida”, pelo contrário, “inspira confiança”, é “séria” e tem “excelentes relações” com as instituições do País.

LN/JMV
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos