São Vicente: Augusto Neves aguarda visita do primeiro-ministro com “esperança e entusiasmo”

 

Mindelo, 27 Jun  (Inforpress) – O primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, inicia, quinta-feira, uma visita de dois dias a São Vicente, e Augusto Neves, o presidente da câmara local, está a encarar esta deslocação do chefe do Governo com “esperança e entusiasmo”.

Em declarações à Inforpress, no Mindelo, Neves considerou que este é o momento de tratar com o chefe do executivo alguns “assuntos importantes” relativos ao mandato e ao desenvolvimento da ilha, sobretudo, assinalou, a resolução do problema do desemprego e a necessidade de alguns investimentos.

O autarca nomeou, a propósito, a reabilitação da estrada da Baía das Gatas, que atravessa “toda a ilha e muitas povoações”, que se encontra, ajuntou, em más condições, e que há muito espera por obras.

“Tratando-se de um investimento com algum custo estamos a fazer a nossa parte a ver se ainda este ano ou no próximo os trabalhos possam iniciar”, lançou Augusto Neves, que, à estrada, junta o projecto de requalificação da Baía das Gatas, que passa, primeiro, por resolver o problema das águas antes da requalificação.

Com o primeiro-ministro, Augusto Neves quererá ainda conversar sobre a área do turismo, mas, sobretudo, assinalou, o processo à volta da construção de um hotel do grupo espanhol Meliã, na zona da Matiota.

“O Governo conhece a vontade do grupo espanhol em fazer o hotel, aliás, nós temos o espaço da ex-Congel lá totalmente disponível para esse grande empreendimento”, lançou a mesma fonte, que acha que o primeiro-ministro é “a pessoa mais indicada para alavancar” esse “grande projecto” para a economia da ilha.

Terminal de Cruzeiros, projecto turístico Salamansa, o aeroporto Cesária Évora e a colocação dos dispositivos para permitir descolagem e pouso de aeronaves de grande porte em ambiente de fraca visibilidade e à noite, são outros assuntos que Augusto Neves promete discutir com o primeiro-ministro.

O autarca informou que o chefe do Governo deve visitar ainda a continuação das obras de requalificação do centro histórico, com o início “a qualquer momento” das obras de asfaltamento da Avenida Marginal e de uma via pedonal desde a Caravela, na Lajinha, ao Mercado de Peixe.

Ademais, ajuntou, há ainda “o grande projecto financiado pela China”, a Zona Económica Especial, para o arranque do qual encontra-se em São Vicente desde segunda-feira uma delegação chinesa, que, ao lado de uma equipa do Ministério da Economia e da câmara municipal, procede aos levantamentos e a trabalhar com todas as empresas e instituições ligadas ao mar, sediadas na ilha.

“Estamos a preparar esta ilha/cidade para ser um grande destino turístico e, com os investimentos previstos na área do turismo, as coisas irão ficar muito boas para a ilha”, sintetizou Augusto Neves.

A visita do primeiro-ministro a São Vicente inicia-se às 11:00 de quinta-feira com uma sessão de boas-vindas nos Paços do Concelho, seguida de uma visita às instalações da Electra e às antigas instalações da ex-Congel, na Lajinha, tendente a enquadrar/equacionar a proposta de projecto de investimento turístico apresentado pelo grupo Meliã.

Na tarde de quinta-feira, Ulisses Correia e Silva deverá visitar as estradas nacionais cidade – Baía das Gatas e cidade – São Pedro.

Na sexta-feira, 30, prevê-se a assinatura de protocolo de entrega de imóveis do Estado ao município, a apresentação pública do pacote legal para a reconfiguração dos perímetros consolidados de São Vicente e visita aos trabalhos de requalificação urbana realizados pela câmara municipal.

Visita aos trabalhos de requalificação realizadas nas casas e nos tetos degradados e a apresentação pública do projecto Zona Económica Especial de São Vicente, são, de entre outros, pontos do programa de visita de Ulisses Correia e Silva a São Vicente.

AA/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos