Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

São Vicente: Adriano Reis, César Lélis e Jorge Martins relembram estórias antigas de Santo Antão

Mindelo, 05 Mai (Inforpress) – O contador de estórias Adriano Reis e os actores César Lélis e Jorge Martins apresentam quinta-feira, no Centro Cultural do Mindelo (CCM), o “Bibe na Fonte-Sintanton Storia” que pretende relembrar contos antigos de Santo Antão.

Conforme o director do CCM, António Tavares, avançou à Inforpress, a ideia surgiu a partir da vinda de Adriano Reis, que vive em Portugal, mas está neste momento em Cabo Verde, e regressou há poucos dias de Santo Antão onde esteve a fazer a recolha de contos antigos e estórias populares da ilha.

Sendo assim, o contador de estórias e actor decidiu convidar César Lélis e Jorge Martins, do grupo santantonense Juventude em Marcha, que darão corpo à esta primeira edição do “Bibe na Fonte-Sintanton Storia”.

“Vamos tentar mostrar como se fazia antigamente às portas das casas, em que sentávamos para ouvir estórias, assim uma tradição antiga que estamos a tentar recuperar”, explicou António Tavares, que prevê um “momento prazeroso” com três “exímios contadores”.

O evento acontece nesta quinta-feira, 06, no CCM, pelas 19:00.

António Tavares adiantou ainda à Inforpress outros elementos da programação do centro para este mês de Maio, entre os quais, o “Eden-Cinemateca” que apresenta no dia 07 o filme “El dia del Virgen” (O dia da virgem, em português), da realizadora e actriz Louise Heem. 

“Eden-Cinameteca um espaço dedicado à análise do cinema proveniente de um determinado país ou região e que tem o cinema como tema”, explicou o director do CCM, que fala em outras edições com outros convidados.

Ainda no decorrer do mês de Maio, o centro, ajuntou, pretende ainda preencher a programação com outros eventos relacionados com contação de estórias e apresentação de filmes e performances de teatro, desta vez relacionadas com São Tomé.

“Vamos colocar um anúncio para que pessoas que tenham tido vivências relacionadas com São Tomé nos venham contar essas estórias”, elucidou o responsável.

Neste “pacote” São Tomé , o CCM, conforme a mesma fonte, deverá ainda repôr a performance “Lápis Azul” de António Tavares e Mateus Silva, apresentado antes no mês de Março, que é baseada na vida de quem esteve nestas andanças pelo mundo e pelas roças de trabalho forçado.

Conta-se ainda apresentar o filme “S.Tomé – Os Últimos Contratados” de Leão Lopes.

Entretanto, estas actividades ainda não têm dias definidos, segundo António Tavares.

LN/CP Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos