Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

São Vicente: Vacinação é um elemento-chave do desenvolvimento de Cabo Verde – Especialista (c/áudio)

Mindelo, 16 Nov (Inforpress) – O coordenador das jornadas científicas em Biologia e Saúde da Universidade de Cabo Verde e especialista em saúde pública António Pedro Delgado disse hoje, no Mindelo, que a vacinação é um elemento-chave do desenvolvimento do País.

António Pedro Delgado falava à imprensa, à margem da abertura da “5ª Jornada Científica em Biologia & Saúde” que decorre, que decorre até quinta-feira, no auditório da Faculdade de Educação e Desporto da Universidade de Cabo Verde (Uni-CV), no Mindelo, sob o lema “A vacinação em Cabo Verde no contexto global e a imunização contra covid-19: desafios à saúde pública”.

Segundo o responsável, essa jornada científica, que conta com a participação de cerca de 30 especialistas de Cabo Verde, Brasil e de Portugal, tem como objectivo analisar de diferentes perspetivas a vacinação, devido à importância do tema para a saúde e bem-estar das populações. Daí defender o contributo que a vacinação sempre teve para o desenvolvimento do País.

“Nós pretendemos várias coisas. Primeiro, chamar a atenção para a importância da vacinação neste País. Eu costumo dizer que a vacinação é um elemento-chave do desenvolvimento que Cabo Verde conseguiu ter pela influência que teve na saúde dos seus homens e mulheres, que vacinados em criança, se tornaram adultos saudáveis e participam no desenvolvimento do país”, frisou.

Conforme António Pedro Delgado, é de se destacar o efeito que a vacinação contra a covid-19 teve no mundo e, particularmente, em Cabo Verde, pelo que, defendeu, é necessário lembrar que a vacina é “importante, faz bem”, e que “a maior parte do que se diz sobre a vacinação é notícia é falsa”.

“Estamos numa época em que, em nome de várias outras coisas, começou-se a desenvolver um certo negacionismo e negativismo e correntes contra a vacina e queremos lembrar às pessoas que a vacina é importantíssima, que fazemos a vacina mesma antes da independência, que os efeitos são visíveis e palpáveis e todos nós que estamos aqui são frutos disso”, justificou.

Além de vacina contra a covid-19, outro tema que estará em debate é a vacina contra o Vírus do Papiloma Humano (HPV), que causa o cancro do colo do útero, introduzido há pouco tempo em Cabo Verde, abrangendo as meninas dos 10 aos 13 anos.

“Queremos falar disto no sentido de dizer que temos que acreditar nesta vacina e ter esperança que as nossas filhas pequenas estarão livres do papiloma e com menos probabilidade de desenvolver o cancro do colo do útero”, explicou António Pedro Delgado, defendendo que “é preciso ter uma boa organização para que a esperança depositada na vacina seja uma realidade”.

CD/JMV
Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos