São Vicente: 13 de Janeiro assinalado somente pelo Movimento Sokols

Mindelo, 13 Jan (Inforpress) – O Dia da Liberdade e Democracia em Cabo Verde foi assinalado hoje, no Mindelo, sem qualquer actividade de cariz oficial e somente pelo Movimento Sokols, que decidiu percorrer ruas da cidade com um carro de som.

A reportagem da Inforpress deparou-se com o presidente do Movimento Sokols, Salvador Mascarenhas, na Avenida Marginal, que num carro com altifalantes decidiu percorrer as ruas da cidade do Mindelo protestando contra o poder instalado no País e a democracia, que disse estar “muito aquém do esperado”.

Salvador Mascarenhas considerou que neste Dia da Liberdade e Democracia, os governantes ainda estão por dotar as ilhas da autonomia, que precisam para se desenvolver.

Quanto a actividades de cariz social, o dia 13 de Janeiro passa em branco, em São Vicente, muito por causa da pandemia e o aumento de casos na ilha nos últimos dias. Nesta terça-feira, 12, a ilha de São Vicente contabilizou mais 41 infecções, totalizando 235 casos activos

O 13 de janeiro é a data em que, pela primeira vez, em 1991, os cabo-verdianos exerceram o seu direito de voto nas primeiras eleições multipartidárias, após 16 anos em regime de partido único.

As primeiras eleições multipartidárias no arquipélago foram ganhas pelo Movimento para a Democracia (MpD), partido que regressou em 2016 ao poder após 15 anos na oposição e ao qual a data está mais associada.

LN/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos