São Salvador do Mundo: Organização faz balanço “extremamente positivo” do “Festival Nhu Sior do Mundo 2022”

Achada Igreja, 30 Abr (Inforpress) – O presidente da Câmara Municipal de São Salvador do Mundo, Ângelo Vaz, fez hoje um balanço “extremamente positivo” do festival de música “Nhu Sior do Mundo 2022”, destaque das festividades do santo padroeiro, assinalado este domingo.

“O balanço [do Festival Nhu Sior do Mundo 2022] é extremamente positivo e estamos muito felizes com esta retoma. As actividades culturais e o festival decorreram num ambiente festivo, de muita animação e fraternização, e só quem esteve presente viu que foi, de facto, uma boa retoma”, assegurou Ângelo Vaz em declarações aos jornalistas.

O autarca congratulou-se com a forma como as pessoas/festivaleiros colaboraram para que o certame fosse um “sucesso”.

Na ocasião, lembrou que São Salvador do Mundo (Picos) é de facto terra do fenómeno “Cotxi pó” e exemplificou com o facto de os filhos do Belo Freire terem protagonizado um “excelente espectáculo”, com o público a responder com danças e outras manifestações corporais.

Por tudo isso, disse que a edilidade, promotora do evento, está com o “sentimento de dever cumprido” por ter proporcionado aos salvadorenhos e visitantes este momento de “grande festividade”.

E tendo em conta, que segundo ele, a Polícia Nacional (PN) não registou nenhum incidente, disse esperar que hoje e este domingo, as pessoas continuem na mesma senda e que as festividades culminem da “melhor forma possível”.

O público, sobretudo o salvadorenho, apesar de dar nota positiva a esta edição e de ter gostado dos artistas que subiram ao palco, diverge quanto aos nomes dos artistas escolhidos pela organização.

Estes questionaram o porquê da não actuação dos artistas salvadorenhos Willy Semedo e Trakinuz.

Já os festivaleiros dos municípios vizinhos instaram os promotores de festivais no interior de Santiago para incluírem o “cotxi pó” no cartaz por ser o género, de momento, e de preferências todos os filhos do tocador de gaita salvadorenho Belo Freire.

Durante o único dia de festival, subiram ao palco o cabeça de cartaz, o artista são-vicentino Grace Évora, Ferro Gaita, Zé Spanhol, Gama, Titio & Lito Freire, Fidjus de Belo Freire, DSD, Kádio Tavares e MC Tranka Fulha.

O festival de música, organizado pela Câmara Municipal de São Salvador do Mundo, no âmbito das festividades do santo padroeiro, São Salvador do Mundo, que se comemora a 01 de Maio, foi orçado em 2.800 contos e contou com o patrocínio de uma empresa de telecomunicações.

Ainda no âmbito das festividades foram realizadas feira de agronegócio e actividades desportivas como a prova de atletismo e jogos de mesa, nomeadamente carta, dama e oril.

As festividades culminam no domingo, 01 de Maio, com uma missa em honra ao orago local São Salvador do Mundo.

FM/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos