São Salvador do Mundo: Ministro da Educação diz que as escolas estão a funcionar “dentro da normalidade” (c/áudio)

Achada Igreja, 15 Mar (Inforpress) -O ministro da Educação, Amadeu Cruz, garantiu hoje que todas as escolas do município de São Salvador do Mundo estão a funcionar dentro da normalidade, não obstante as medidas adoptadas ao combate da covid-19.

O governante deu esta garantia hoje à imprensa, após visitar várias escolas desse município do interior de Santiago, para se inteirar do Projecto Educativo e do funcionamento dos estabelecimentos de ensino, tendo em conta o impacto da pandemia provocada pelo novo coronavírus (covid-19) no meio escolar.

Segundo o ministro da Educação, essa normalidade que está a acontecer nas escolas a nível nacional se deve à atitude dos pais e encarregados de educação, dos professores e dos alunos.

“Com a chegada da vacina ao País, esperamos iniciar o processo de vacinação para podermos ter a população imunizada e voltarmos a ter as escolas a funcionar “full-time” (tempo inteiro), como tinha vindo a acontecer”, vaticinou, lembrando que os professores fazem parte do grupo prioritário de vacinação.

Sobre às infra-estruturas, disse que em São Salvador do Mundo existem escolas de qualidade, não obstante ter admitido que há infra-estruturas que carecem de intervenções.

Nesse sentido, comprometeu-se dar continuidade ao programa de reabilitação das escolas e construções de novas infra-estruturas escolares na próxima legislatura, lembrando que a nível nacional foram feitas várias intervenções nos últimos anos que ascendem os 800 mil contos.

Relativamente aos professores, disse que não obstante o Ministério da Educação (ME) ter resolvido várias pendências, admitiu que ainda “há necessidade para se fazer mais” para normalizar a questão da gestão das carreiras dos docentes.

A propósito, anunciou que na semana passada foram regularizadas a carreira de mais 200 professores com formação no antigo Instituto Pedagógico (IP), agora integrados no quadro do ME como professores de carreira.

Declarou ainda que hoje foram publicados dois actos administrativos, um sobre a regularização da carreira dos professores com grau de licenciatura que foram recrutados em 2016 e 2017 e que passam também a fazer parte do quadro do ME, e outro que publica uma lista adenda ao subsídio por não redução da carga horário de 2016, beneficiando aproximadamente 230 professores de regime de mono-docência.

A resolução das pendências, segundo explicou, teve como objectivo motivar os docentes para que daqui a um ano ou um ano e meio possam entrar na gestão corrente da carreira dos professores.

Durante a sua estada em São Salvador do Mundo, Amadeu Cruz reuniu-se com o presidente da câmara, Ângelo Vaz, visitou as escolas de Jalalo Ramos, Achada Igreja, Achada Leitão, Leitãozinho e Picos Acima.

O governante reuniu-se ainda com directores dos agrupamentos e coordenadores concelhios na Delegação do ME em Achada Leitão.

FM/JMV
Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos