São Nicolau: Vendedeiras reivindicam construção de mercado no centro do Tarrafal

Tarrafal de São Nicolau, 24 Mai (Inforpress) – Vendedeiras de verduras e hortaliças do Tarrafal de São Nicolau reivindicam a construção de um mercado “apropriado e decente”, no centro da cidade, para poderem comercializar os seus produtos.

Em entrevista à Inforpress, as vendedeiras afirmaram que esta reivindicação vem de há muitos anos, e os sucessivos governos e câmaras incumprem a promessa de construção dessa infra-estrutura.

De acordo com as vendedeiras estão cansadas de esperar e gostariam de ver essa situação resolvida com a construção de um mercado num local reservado e no centro da cidade.

O mercado onde as senhoras comercializam os seus produtos situa-se na orla marítima, num espaço exíguo, anexo a câmaras de frio, em cima do cais, num local onde se faz a carga e descarga do pescado.

Conforme contaram, este local oferece poucas condições de salubridade, não dispõe de cacifos e os produtos ficam sujeitos a maresia, estragando facilmente, principalmente, quando há vento e subida de maré.

No local, a Inforpress encontrou apenas quatro vendedeiras, e conforme explicaram, muitos colegas abandonaram o espaço e preferiram vender nas ruas pelo facto deste ser pouco atractivo.

“As vendas não têm estado a correr bem, muitas pessoas deixaram o local e foram vender nas ruas, outras num quintal aberto”, informaram.

Para estas vendedeiras, a falta de um mercado tem trazido muitos constrangimentos não só para turistas como para nacionais, que vêm de outras ilhas, e aportam o Tarrafal deparando com um município em desenvolvimento, mas sem um mercado adequado para fazerem suas compras.

Confrontado pela Inforpress com estas reivindicações, o presidente da Câmara Municipal, José Freitas de Brito, disse ter consciência do problema, e que, por esta razão, a câmara não tem sido muito rigorosa na aplicação de coimas àquelas que vendem nas ruas.

Entretanto, avançou que a edilidade está num processo de identificação de espaço e que espera a opinião dos interessados, deste modo, disse, será elaborado um projecto e, de seguida, a busca de financiamento para sua execução.

DG/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos