São Nicolau: Ministro do Turismo e Transportes lança aldeias rurais turísticas da Ribeira Brava

Ribeira Brava, 08 Dez (Inforpress) – O ministro do Turismo e Transportes presidiu hoje ao lançamento do programa das Aldeias Rurais Turísticas de Campinho, Água das Patas, Mofina e Pombas no município da Ribeira Brava.

À Inforpress Carlos Santos, explicou que com o projecto o Governo pretende criar um ecossistema que envolve, em “toda a cadeia de valor do turismo”, o saneamento, a organização dos caminhos, a valorização paisagística e a preparação das pessoas para melhor acolher os turistas.

Segundo o mesmo, tem se registado uma recuperação “muito interessante” do turismo, atingindo até ao momento uma cifra de 600 mil turistas neste ano, e que o governo está empenhado em diversificar a oferta turística do país.

“Começamos também a notar que cada vez mais as ilhas agrícolas estão a ser muito atrativas e muito faladas e de acordo com a visão do governo há a necessidade da diversificação do turismo, a aposta no ecoturismo e no turismo de natureza e uma aposta que definimos como sendo prioritária”, afirmou.

Por isso, explicou Carlos Santos, a criação das aldeias turísticas rurais enquadra-se na “estratégia e visão” de transformar aquilo que é o produto turístico cabo-verdiano.

“Transformar para ganhar maior competitividade, para diferenciar o produto e conseguir trazer maior impacto junto das famílias e empresas”, sublinhou.

O ministro do Turismo e Transportes lançou ainda as aldeias turísticas rurais de Fragata e Ribeira Prata no município do Tarrafal.

Por sua vez, o presidente da Câmara Municipal da Ribeira Brava, José Martins, destacou que o projecto irá “mudar a realidades das localidades abrangidas e permitir a criação de empregos para os moradores.

A criação das aldeias turísticas rurais insere-se no âmbito do Programa Operacional do Turismo em Cabo Verde, que propõe a valorização turística e ambiental das localidades a cargo do Fundo do Turismo, que visa valorizar as potencialidades económicas das povoações.

Além de São Nicolau, as ilhas de Santo Antão, Maio, Santiago, Fogo e Brava vão ser contempladas com o projecto de criação de aldeias turísticas rurais.

WM/JMV
Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos