Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

São Nicolau: Inaugurado Museu da Pesca com acervo museológico da história de baleias

Tarrafal de São Nicolau, 22 Nov (Inforpress) – A segunda fase do projecto museológico e de arquitectura do Museu da Pesca no Tarrafal foi inaugurada quinta-feira e entregue o complexo museológico à comunidade de São Nicolau, com artefactos e documentos sobre a história da baleia.

Os artefactos foram oferecidos pelo Museu da Baleia de New Bedford, Estados Unidos, e estão enquadrados nas actividades das comemorações dos 200 anos de amizade entre Cabo Verde e Estados Unidos.

O embaixador dos Estados Unidos em Cabo Verde, Jeff Daigle, presente no acto da entrega, disse que a inauguração deste complexo museológico representa “uma perfeita forma” de “culminar estas celebrações”.

O diplomata disse ainda que ficou “muito impressionado” com a qualidade do museu e “espera que os cabo-verdianos também sintam orgulho por aquilo que este museu representa, “pela sua história e pela relação que existe entre os dois países”.

O secretário de Estado para a Economia Marítima, Paulo Veiga, que acompanhou o diplomata expressou a sua gratidão por esta cedência, dizendo que este espólio da baleação teve como principal objectivo “manter viva na memória dos cabo-verdianos a corrida à pesca da baleia”, ocorrida entre os séculos XVII e XVIII.

Lembrou ainda que a pesca, além de ser uma “tradição nesta ilha”, representa um sector estratégico para a melhoria das condições de vida de uma boa parte da população, “que encontra na pesca a forma de ganhar o seu dia-a-dia”.

O museu da pesca conta desde quinta-feira com um importante acervo museológico, incluindo um complexo edificado cedido pelo seu principal promotor, Joaquim Spencer (mais conhecido por Djack Pinheiro), ao qual aderiram o M-EIA (Instituto Universitário de arte Tecnologia e Cultura), o governo de Cabo Verde, através do IPC (Instituto Património Cultural), do Ministério da Cultura, o Museu da Baleia de New Bedford, bem como o Arquivo Histórico Nacional.

O acto de inauguração contou com uma conferência temática versando a história da pesca em Cabo Verde, proferida por Amiro Faria, entrega de certificados a alunos do curso de “Introdução à Cultura Baleeira”.

O barco “Mar Liso” também mereceu uma justa homenagem, nesta ocasião, “por nunca ter deixado a ilha de São Nicolau à deriva”, desde que chegou a Cabo Verde em 1982.

DG/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos