Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

São Nicolau: Agência Nacional de Água e Saneamento socializa Plano Operacional de Gestão de Resíduos Sólidos com parceiros locais

Tarrafal de São Nicolau, 14 Jun (Inforpress) – A Agência Nacional de Água e Saneamento (ANAS) promoveu, esta sexta-feira, na biblioteca municipal da Ribeira Brava, uma sessão pública de apresentação do Plano Operacional de Gestão de Resíduos Sólidos da ilha de São Nicolau.

O objectivo deste encontro foi socializar o plano junto de parceiros locais, bem como recolher subsídios e sistematizar as principais contribuições para poder viabilizar o projecto de Resíduos da Ilha de São Nicolau.

Nuno Pinto, da Águas de Portugal, apresentou em linhas gerais o documento estratégico que define, planeia os sistemas de implementação, monitorização e tratamento de resíduos sólidos de forma eficaz, para os dois municípios, assegurando a protecção do meio ambiente e a saúde pública.

O Plano Operacional de Gestão de Resíduos Sólidos visa a criação de um sistema intermunicipal apresentando soluções que perspetivam o crescimento económico e turístico da ilha e, consequentemente, o aumento de rendimento, consumo e produção de resíduos no horizonte do ano 2035.

De acordo com o plano, prevê-se o encerramento das duas lixeiras catuais e a criação de infra-estruturas ambientais adequadas “de acordo com as melhores prácticas”, ou seja, a criação de duas unidades, uma localizada no Topo Vermelho, no município de Ribeira Brava e outra, em Ponta Portinho, no município do Tarrafal.

As unidades de recolha de resíduos terão um sistema integrado de tratamento baseado na triagem (um ecocentro) e compostagem que contribuirão com matéria orgânica para agricultura (na localidade de Fajã).

O plano também prevê a implementação de um sistema de recolha intermunicipal seletiva, com ecopontos e uma otimização nos circuitos de recolha de resíduos sólidos visando uma maior colheita no menor tempo possível minimizando os custos nos combustíveis.

O Plano Operacional de Gestão de Resíduos Sólidos foi elaborado no âmbito do Projecto “Roteiro de Resíduos em Cabo Verde Ilha Maio e São Nicolau” e financiado pelo Fundo Ambiental do Ministério do Ambiente da República Portuguesa.

DG/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos