Search
Generic filters
Filter by Categories
Ambiente
Cooperação
Cultura
Economia
Internacional
Desporto
Politica
Sociedade

São Miguel: Escola Nova reabilitada e transformada em polo do Centro Nacional de Arte, Artesanato e Design de Santiago Norte

Pedra Badejo, 29 Jul (Inforpress) – O município de São Miguel ganhou hoje o primeiro polo do Centro Nacional de Arte, Artesanato e Design (CNAAD) em Santiago Norte, instalado no edifício da mais antiga escola do concelho, que foi reabilitada e equiparada para tal.

Trata-se de um investimento de cerca de dois mil contos, fruto de uma parceria entre o Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas (MCIC) e Câmara Municipal de São Miguel, que contempla a reabilitação completa do espaço, com instalações eléctricas, colocação de tectos falsos, construção de casas de banho, assim como intervenções na acessibilidade e substituição de portas e janelas.

Em declarações aos jornalistas, em São Miguel, após o acto de inauguração, o ministro da Cultura e das Indústrias Criativas, Abraão Vicente, explicou que esta parceria com a autarquia micaelense visa descentralizar os trabalhos do CNAAD, que é o primeiro instituto de artes que nasceu em Mindelo, ilha de São Vicente.

“A CNAAD não pode realizar o seu trabalho somente em São Vicente e região norte”, observou, salientando que é por isso que se procurou parcerias com os municípios de Santiago e outras ilhas para que se possa criar as ramificações desses trabalhos.

O governante exemplificou que em São Miguel existem os “rabelados” e vários tipos de artesanatos que podem ser desenvolvidos não necessariamente no laboratório do Mindelo.

Conforme referiu, após  o cumprimento da primeira fase deste processo, que é a reabilitação do espaço, numa segunda fase a CNAAD vai entrar com todos os seus serviços, para que o polo de São Miguel tenha a mesma linguagem de comunicação.

“Aqui vai funcionar um centro de formação não só para São Miguel, mas para todo o interior de Santiago, com um terceiro P desta parceria entre edilidade e o Governo, que é o Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), que vai dar qualidade a este trabalho”, frisou.

Segundo mencionou, a intenção é colocar produtos de qualidade no mercado, fazendo com que cada formando tenha a sua linha de negócio no mercado ou uma cooperativa.

Por sua vez, o presidente da Câmara Municipal de São Miguel, Herménio Fernandes, garantiu que o espaço tem várias funcionalidades, recebendo neste momento um ateliê de costuras criativas, que beneficia cerca de 15 mulheres do município.

“Com a valorização e recuperação desta escola este estabelecimento passou a ter melhores instalações para a produção, porque estamos a falar de uma actividade económica e com impacto também na geração do emprego e geração de rendas para as famílias”, mostrou.

O autarca reconheceu também que esta recuperação tem um grande simbolismo, tendo em conta que se trata de um dos patrimónios históricos mais antigos do município, que hoje foi recuperado.

“Sua valorização demonstra claramente que a nossa equipa tem grande preocupação com a conservação da história e da memória do município”, enfatizou, lembrando que a Escola Nova é um espaço de educação que formou várias gerações de crianças e jovens de São Miguel.

Com esta inauguração o País passa a ter dois polos da CNAAD, sendo um em Santo Antão e outro na ilha de Santiago.

WM/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos