Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

São Lourenço dos Órgãos: Projecto REFLOR-CV realiza primeira plantação da planta de futuro “Dragoeiro” nas escolas

Órgãos, 06 Nov (Inforpress) – O projecto “Reforço da capacidade de adaptação e resiliência no sector florestal em Cabo Verde (REFLOR-CV)” iniciou hoje em São Lourenço dos Órgãos com a plantação da primeira planta de futuro “Dragoeiro” na escola primária de São Jorge.

Este projecto tem como parceria o Ministério da Agricultura e Ambiente, sendo financiado pela União Europeia e executado pela Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO).

Segundo o gestor de projecto, José Castro, esta é a segunda sessão realizada nas escolas, principalmente com foco nas escolas primária e secundária, onde mostram aos alunos um pouco da floresta, a sua diversidade, utilidade e funcionalidade.

Nesta perspectiva, estão a criar “florestas pedagógicas” de novas espécies, cada uma delas bem distintas das outras em termos de funcionamento, origens, significado e conservação da natureza.

José Castro disse ainda que ao longo da vida do projecto vai-se construir a “floresta pedagógica” prevista – uma planta por trimestre -, para poder ter contacto permanente com os alunos para “não perderem o fio à meada”.

Segundo o responsável, no ano lectivo anterior tinham feito a apresentação do projecto aos alunos, explicando-lhes o diagrama do projecto pedagógico.

Nesta primeira sessão, trouxeram a primeira planta, o dragoeiro, uma planta em vias de extinção, “muito simbólico e identificador da Macaronésia e que diz muito a identidade cabo-verdiana”.

Por sua vez, a directora do Pólo de São Jorge, Maria do Carmo, considerou que esta actividade “é importante” e disse acreditar que, por conhecerem tais espécies, por existirem na localidade e, munidos de conhecimentos, os alunos vão passar a valoriza-las e cuidar cada vez mais delas para que não morram.

A mesma iniciativa será lançada em outras escolas, nomeadamente de EBI de São Salvador do Mundo e de Achada Ponta, em Assomada, e também nas ilhas de Boa Vista e Fogo.

CL/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos