Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

São Lourenço dos Órgãos: Mobilização de água entre as principais reivindicações dos agricultores – deputados do MpD

 

João Teves, 23 Jun (Inforpress) – O grupo parlamentar do Movimento para a Democracia (MpD – poder) apontou a mobilização da água, o acesso à água da barragem e o acesso ao crédito, como as principais reivindicações dos agricultores de São Lourenço dos Órgãos.

No âmbito do debate do estado da nação, que acontece na segunda-feira, 26, no Parlamento, com o agro-negócio na agenda, os deputados estiveram, quinta-feira, em jornadas parlamentares descentralizadas neste município do interior de Santiago.

Sendo São Lourenço dos Órgãos um município com potencialidades na agricultura e pecuária, os parlamentares priorizaram contactos com os agricultores, com o Instituto Nacional de Investigação e Desenvolvimento Agrário (INIDA), e a Escola de Ciências Agrárias e o Centro de Transformação de Produtos Agro-Alimentares.

A porta-voz do grupo, Anilda Tavares, em declarações à imprensa disse que, segundo informações dos agricultores, os terrenos estão praticamente sem cultivos devido a falta de água para a rega.

Os homens do campo dizem ainda que até o momento não tiveram acesso a água da Barragem de Poilão, que se localiza no município de São Lourenço dos Órgãos.

Os deputados mostraram-se satisfeitos com o facto de os camponeses não querem fazer apenas uma agricultura de subsistência, mas sim, desejam obter mais rendimento através desta prática.

“Os agricultores estão com espírito de empreender, não querem praticar a agricultura para a subsistência, o que para nós é muito bom. O acesso ao crédito também é uma das reivindicações e estão ansiosos por mais formação para que possam fazer mais e melhor agricultura”, apontou.

Para encerar a jornada, os deputados promoveram uma conferência para os jovens subordinada ao tema ” A juventude e perspectiva do futuro”, ministrada pelo professor universitário Aquilino Varela.

Para este conferencista, os jovens precisam ser “mais proactivos” e aproveitar as oportunidades oferecidas pelas autoridades e os mecanismos traçados no Programa de Governo para a IX Legislatura.

Para isso, aconselhou os jovens a acompanhar as orientações macro-económica do país, para que possam saber tirar o melhor proveito e reverter essas perspectivas no sentido de alavancarem as suas vidas.

AM

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos