Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

São Filipe: Primeira fase de abastecimento de água à zona norte vai possibilitar ligação domiciliar a 250 famílias – presidente da câmara

São Filipe, 10 Jul (Inforpress) – A primeira fase do projecto de abastecimento de água às populações das comunidades da zona norte alta de São Filipe vai possibilitar a ligação domiciliária de água a 250 famílias das localidades situadas entre Inhuco e Domingos Ledo.

O presidente da Câmara Municipal de São Filipe, Nuías Silva, disse que a autarquia está a trabalhar com a Empresa Intermunicipal de Águas, Águabrava, para a inauguração da primeira fase, lembrando que é uma obra que a actual equipa encontrou parada, mas que injectou mais de oito mil contos.

“Na próxima semana devemos terminar testes de água e limpeza da conduta para fazer a inauguração da primeira fase que vai de Inhuco até Domingos Ledo”, disse Nuías Silva, sublinhando que de seguida vai se iniciar a segunda fase que se estende de Domingos Ledo a Campanas de Cima.

“Com a inauguração da primeira fase vamos identificar 250 famílias e financiar as ligações domiciliárias no eixo que vamos a inaugurar e, no segundo eixo, mais 300 famílias serão contempladas com ligações domiciliárias no quadro deste projecto, contemplando 550 beneficiários com ligação domiciliária de água”, referiu.

O administrador/delegado, da empresa Intermunicipal de Águas, Águabrava, Rui Évora, explicou que esta primeira fase contempla uma rede adutora com quatro quilómetros e meio de extensão e uma rede de distribuição de cerca de três quilómetros e está enquadrada no projecto maior de abastecimento de água a zona norte do município de São Filipe até Campanas de Cima.

O projecto de abastecimento de água a zona norte, entre Lomba e Campanas de Cima foi lançado há sensivelmente um ano e é um investimento que consiste na adução de água a partir de Inhuco de Cima até Campanas de Cima, comportando a construção de 14 quilómetros de conduta adutora, 8.5 quilómetros de rede de distribuição com 525 ramais de distribuição.

No global, o projecto representa um volume de investimento na ordem dos 85 mil contos disponibilizados pela Câmara Municipal de São Filipe, Fundo do Ambiente e pela própria empresa Águabrava.

Com relação a ligação de água às parcelas agrícolas de 10 agricultores identificados pelo Ministério do Ambiente e Agricultura (MAA) localizadas entre Santo António e Almada, Rui Évora informou que tal ainda não aconteceu devido a necessidade de ordem técnica e que passa pela substituição de sistema de bombagem no furo executado para o efeito.

Segundo o responsável, a empresa está a trabalhar para, ainda no decorrer deste mês de Julho, disponibilizar água aos 10 agricultores, observando que o volume de água a ser fornecido será de 60 metros cúbicos/dia o que corresponde a uma área de dois a dois hectares e meio de área irrigada.

JR/CP

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos