São Filipe: Parte do sobrado degradado do centro histórico desaba com a queda de primeira chuva

 

São Filipe, 22 Ago (Inforpress) – A varanda do sobrado situado no centro histórico e em estado avançado de degradação caiu esta manhã, por volta das 08:00 horas, na sequência das primeiras chuvas registadas na cidade de São Filipe.

Na altura em que a pala da varanda ruiu, um dos três comerciantes que ainda ocupa o sobrado para comércio, estava no seu interior, mas por sorte não foi atingido e saiu ileso.

Testemunhas contactadas pela Inforpress disseram que a pala da varanda caiu momentos depois de uma viatura que chegou dos Mosteiros ter deixado o espaço, acrescentando que se fosse no dia em que havia ligação marítima com a cidade da Praia e em que o espaço costuma estar apinhado de gentes e viaturas, a consequência podia ser bem maior.

Depois de varias decisões camarárias para desocupar o espaço, o mesmo ainda está ocupado por um dos três comerciantes.

O vereador da Protecção Civil, Caetano Rodrigues, disse à Inforpress que o espaço vai ser selado e vedado, assim como a demolição coordenada da parte restante da varanda que também está em risco de ruir a qualquer momento.

Caetano Rodrigues afirmou ainda que uma equipa de protecção civil municipal e regional e da Polícia Nacional está no local para proceder à demolição e encerramento do espaço, salientando que a edilidade tinha solicitado ao tribunal o despejo do comerciante que tinha se recusado abandonar o sobrado.

Segundo o responsável, a primeira ordem de desocupação foi emitida a 07 de Novembro de 2016, tendo a edilidade insistido com os ocupantes, inclusive terá adiantado 30 mil escudos aos mesmos para o arrendamento de outro espaço para puderem deixar o sobrado.

Segundo apurou a Inforpress junto do serviço camarário de Protecção Civil, esta instituição, depois de demolir a parte restante, vai notificar a proprietária para uma intervenção no prédio e se isso não acontecer poderá recorrer ao tribunal para o fazer, podendo neste caso a edilidade intervir no prédio e depois repassar os custos para a proprietária.

O vereador da Protecção Civil, Caetano Rodrigues, adiantou que não existem outras situações similares na cidade de São Filipe e arredores que inspiram cuidados.

No entanto , o serviço de Protecção Civil já procedeu à limpeza e desobstrução das vias de escoamento de águas pluviais e a limpeza das ribeiras que delimitam a cidade, estando neste momento a proceder á limpeza das ribeiras do interior do município, que, segundo o vereador, estão cheias de lixo, sendo que para tal está-se a aproveitar os jovens que participam na semana de juventude.

O sobrado em questão foi construído nos meados de 1930, e está situado a escassos metros do Mercado Municipal, ostentando uma arquitectura angular, comporta três pisos que evidenciam, nitidamente, sinais de degradação provocados pelo passar dos anos sem o necessário restauro.

JR/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos