São Filipe: Obras de reabilitação da escola do EBI de Patim já se iniciaram e as de Campanas e Central devem arrancar em breve

 

São Filipe, 03 Mai (Inforpress) – As obras de reabilitação e ampliação da escola do Ensino Básico Integrado (EBI), que integram um pacote de projectos no sector de educação, financiado pela organização não-governamental Luxemburguês “Betebuerg Helleft”, já se iniciaram, após a consignação a um empreiteiro.

Com o início das obras, os alunos do primeiro a sexto anos de escolaridade foram transferidos para espaços alternativos, como a sede da Associação ABC (Amigos de um Berço Comum), Centro de Extensão Rural do Ministério da Agricultura e Ambiente, que foi desactivado, e sala de jardim-de-infância daquela localidade.

O custo das obras de reabilitação da escola do EBI de Patim ronda os 20 mil contos e é suportado pela ONG de Luxemburgo.

Além da escola de Patim, nesta primeira fase, beneficiam de obras de reabilitação as escolas de Campanas de Baixo (extremo norte) e Santa Filomena e Escola Central (Cidade), sendo que foi lançado o processo de aquisição competitiva para selecção de empresas para executar esses projecto.

Para Campanas de Baixo já foram adjudicadas as obras e devem iniciar-se o mais tarde na próxima semana e a Escola Central aguarda apenas a adjudicação ao empreiteiro seleccionado.

Quanto à escola de Santa Filomena, o maior pólo educativo do município e que acolhe mais de 500 crianças do primeiro ao sexto ano de escolaridades, a sua reabilitação acontecerá assim que for concluída a reabilitação da Escola Central, para que esta possa acolher parte dos alunos de Santa Filomena, já que neste momento não existe espaço disponível para receber todos os alunos desta escola.

A ONG Luxemburguês “Betebuerg Helleft” aprovou, no final do ano passado, um pacote de projectos no sector de educação e desportos, orçado em mais de 200 mil contos, aproximadamente dois milhões de euros, que foi submetido para o financiamento, cuja execução será efectuada em três fases (anos).

A primeira tranche para a execução das obras da primeira fase foi transferida no passado mês de Fevereiro para a conta da Câmara Municipal de São Filipe, o que permitiu a selecção das empresas e inicio da implementação do projecto.

A primeira fase contempla a formação de professores do primeiro ciclo do Ensino Básico Integrado, aquisição de mobiliários escolares, reabilitação da Escola Central, ampliação e reabilitação da Escola Básica de Patim para acolher o alargamento até oitavo ano de escolaridade, reabilitação das escolas de Campanas de Baixo e de Santa Filomena, num valor total de 87.637 contos, sendo 77.637 contos para obras físicas e a parte restante para formação e aquisição de materiais.

A segunda fase prevê a reabilitação de Escolas Básicas de centro e norte do município, como sejam as de Pé do Monte, Lagariça, Cabeça do Monte, Ponta Verde, Inhuco e Domingos Ledo e tem um orçamento de aproximadamente 50 mil contos.

A terceira e última fase prevê a construção de Escola Básica de Jardim/Batente, zona sul do município, e reabilitação das escolas básicas Pedro Cardoso (Cidade), Curral Grande, São Domingos, Cutelo e Italiano e está estimada em cerca de 63 mil contos.

JR/JMV

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos