São Filipe: Candidatura para atribuição de subsídios de estudos e transporte escolar decorre até final de Setembro

São Filipe, 05 Set (Inforpress) – A candidatura para atribuição de subsídios para o ensino superior e transporte escolar para o ano lectivo 2022/23 decorre durante o mês de Setembro, de acordo com anúncio publicado na página oficial da câmara nas redes sociais.

Da mesma forma, foi ainda publicado o regulamento municipal do sistema de acção social escolar, que prevê três categorias em função do escalão do cadastro social para atribuição de subsídio aos estudantes que frequentam estabelecimentos de ensino superior.

Assim, para os alunos do escalão A, constituído por agregado familiar considerado extremamente pobre, o montante mensal será de nove mil escudos, para o escalão B, de família considerada pobre, o valor será de sete mil e para os estudantes do escalão C, agregado considerado vulnerável, o valor é de cinco mil escudos mensal.

Para o ensino secundário, o valor será de 50 por cento (%) do montante estipulado para estudantes da família de escalão A, 40% para o escalão B e 30% para o escalão C.

Em relação ao transporte escolar, os estudantes da família de escalão A do cadastro social beneficiam a 100%, os de B com 60% e C com 40% do montante do transporte escolar.

A atribuição dos subsídios para formação profissional os candidatos serão seriados mediante os cursos a serem disponibilizados pelos centros de formação profissional de São Filipe.

No ano lectivo 2021/2022 a câmara assegurou o transporte escolar gratuito a 866 estudantes do interior do município que frequentam as escolas secundárias, 116 estudantes com o valor correspondente a 60% do valor do transporte e 71 alunos com redução de 40%, num total de 1.053 estudantes

Na semana passada, o presidente da Câmara Municipal de São Filipe, Nuías Silva, disse que a autarquia disponibiliza mais de 60 mil contos para o sector da educação/formação, através da atribuição de subsídios, transporte escolar e pagamento de propinas.

O regulamento municipal do sistema de acção social escolar visa criar um sistema “regulado e transparente da atribuição de subsídios para estudos, para transporte escolar e atribuição de prémios de mérito escolar aos estudantes do município”, de modo a abrir possibilidades às famílias com dificuldades económicas o acesso dos seus educandos em condições de igualdade e oportunidades à educação e formação profissional.

JR/AA

Inforpress/Fim

Facebook
Twitter
  • Galeria de Fotos