Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

São Filipe: Câmara apoia criadores no salvamento de gado com disponibilização de milho e transporte de pasto

São Filipe, 22 Nov (Inforpress) – A Câmara Municipal de São Filipe tem em marcha um plano para apoiar os criadores no processo de salvamento de gado, através de disponibilização de milho e transporte de pasto.

O primeiro lote de milho adquirido pela câmara chega à ilha hoje e no dia seguinte será disponibilizado aos criadores, através das associações de desenvolvimento comunitários, revelou o presidente da Câmara Municipal de São Filipe.

Nuías Silva indicou que a ajudar aos criadores para salvar os seus animais deve ser dada “em tempo oportuno” para evitar a mortandade e não a partir de Janeiro ou Fevereiro do próximo ano.

Segundo o mesmo, com recursos próprios, a autarquia adquiriu 1.200 sacos de milho de 50 quilogramas cada, num total de 60 toneladas, para apoiar os criadores de gado, sobretudo das zonas sul e centro, onde a produção de pastos foi nula.

A situação, continuou o autarca, “é preocupante” devido a seca e os agricultores e criadores passam por “muitas dificuldades”, tendo a câmara promovido um “intenso diálogo” para definir um plano de acção imediato.

O milho será disponibilizado através  das associações a preço mais barato aos criadores, e a câmara vai continuar a ajudar, quer na redução do preço do milho, como nos transportes de pasto dos Mosteiros e da zona norte, onde existe alguma produção, para as zonas sul e centro, onde a produção foi nula.

A vereadora pela área de Desenvolvimento Rural, Lia Barbosa, avançou que o plano de mitigação está sendo socializado com os criadores e agricultores, estando a câmara a efectuar o recenseamento dos criadores e do número de animais de que dispõe para, em função disso, disponibilizar o milho de forma “mais justa”.

A título de exemplo, indicou que em cinco localidades da zona sul, área de maior concentração do efectivo pecuário, nomeadamente Monte Largo, Monte Grande, Jardim, Patim e Curral Ochô/Penteada e Forno, estão inscritos perto de 200 criadores com mais de 4.800 cabeças de animais, sobretudo caprino e bovino.

Além de apoiar os criadores, o plano de mitigação contempla um programa de criação de emprego público, através de reabilitação de estradas, caminhos vicinais e outros projectos, no valor de três mil contos, que a câmara “já tem mobilizado” neste momento para o efeito.

A autarquia, ainda no quadro do plano de mitigação da seca e do mau ano agrícola, dispõe de um projecto relacionados com micro actividades geradoras de rendimento, que serão financiados a fundo perdido para ajudar as pessoas a terem actividades geradoras de rendimento e gerar emprego e autoemprego, garantindo assim a sustentabilidade das famílias.

JR/AA

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos