Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santo Antão: Zonas altas enfrentam “penúria de água” que atinge “mais de um milhar” de pessoas  

Porto Novo, 28 Out (Inforpress) – As zonas altas da ilha de Santo Antão, designadamente nos planaltos Norte e Leste, estão a enfrentar “uma situação de penúria de água” para consumo, segundo os moradores, que clamam por uma resolução.

No Planalto Leste, a população de Lagoa e arredores está sem água “há cerca duas semanas”, encontrando-se a população local “descontente com esta situação”, informou o porta-voz, Alcídio do Rosário.

“A população de Lagoa está descontente com a penúria de água. Desde o dia 18 de Outubro nunca vimos uma gota de água na comunidade. Pedimos às autoridades municipais para resolverem o problema o mais rapidamente possível”, notou a mesma fonte.

O impacto da seca nas nascentes que fornecem água ao Planalto Leste e o facto de os autotanques das câmaras municipais do Porto Novo e Ribeira Grande estarem avariados são algumas razões apontadas pelas autoridades municipais na base dos problemas de abastecimento de água no Planalto Leste, afectando, pelo menos, 700 pessoas.

O Planalto Norte, onde residem 600 pessoas, enfrenta também, há três semanas, a “penúria de água para consumo”, uma situação que está a afligir  os habitantes desta localidade, segundo Octávio Delgado, porta-voz da população,  

A população tem recorrido a uma nascente, situada na zona de Ribeirinha, mas a água produzida tem sido insuficiente para as necessidades das pessoas, avança a mesma fonte.

JM/AA

Inforpress/Fim 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos