Search
Generic filters
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in excerpt
Filter by Categories
Politica
Desporto
Economia
Sociedade
Ambiente
Cooperação
Cultura
Internacional
Destaques
Eleições

Santo Antão: UTA conta com Instituto Superior de Agronomia na operacionalização do pólo universitário nesta ilha

Porto Novo, 11 Out (Inforpress) – A Universidade Técnica do Atlântico (UTA) vai contar com a cooperação do Instituto Superior de Agronomia, Portugal, na operacionalização do pólo universitário de Santo Antão, no âmbito de um protocolo firmado entre as duas instituições de ensino superior.

No quadro do protocolo, o Instituto Superior de Agronomia vai apoiar a UTA na realização de cursos de formação avançada, de programas de qualificação e de planos de estudo nas áreas agrárias e científicas, nomeadamente, através do apoio científico e pedagógico aos cursos a serem implementados no pólo universitário de Santo Antão.

Está em fase de instalação o Instituto Superior das Ciências e Tecnologias Agrárias (ISCTA) em Santo Antão, a nova unidade orgânica da UTA.

Através da sua página na rede social facebook, a UTA informou que o protocolo existente com o Instituto Superior de Agronomia, em Portugal, visa estreitar as relações de cooperação e intercâmbio entre as duas instituições, que passam a colaborar nos domínios do ensino Superior.

O acordo permitirá o desenvolvimento de cursos de formação avançada, de programas de qualificação e de planos de estudo nas áreas agrárias e científicas, nomeadamente, através do apoio científico e pedagógico aos cursos a serem implementados na nova unidade orgânica da UTA em Santo Antão.

A localização do pólo universitário é um dos aspectos que estão a condicionar a instalação do ensino superior em Santo Antão, tendo o ministro da Educação defendido, aquando da sua recente visita à ilha, o “entendimento” das câmaras municipais de Santo Antão em relação a esta questão.

Amadeu Cruz escusou-se a avançar a data para a efectivação do pólo do ensino superior em Santo Antão, mas garantiu que as condições, quer em ternos institucionais, quer em termos orçamentais, já foram criadas, cabendo à UTA proceder à instalação do Instituto Superior das Ciências e Tecnologias Agrárias de Santo Antão.

JM/HF

Inforpress/Fim

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
  • Galeria de Fotos